Famosos

Xuxa faz novo apelo à Justiça e registra queixa-crime contra Sikêra por difamação

ELA DIZ QUE O RIVAL SE VALE DE ARGUMENTOS MISÓGINOS, MACHISTAS E MENTIROSOS PARA TENTAR DESQUALIFICÁ-LA. FOTO: REPRODUÇÃO

Xuxa Meneghel fez um novo apelo à Justiça e registrou uma queixa-crime contra Sikêra Jr. A apresentadora da Record quer provar que o funcionário da RedeTV! tem associado equivocadamente seu nome aos crimes de pedofilia e apologia às drogas. Além disso, reforça que é vítima de difamação e injúria. Ela diz que o rival se vale de argumentos misóginos, machistas e mentirosos para tentar desqualificá-la diariamente no programa Alerta Nacional.

O novo documento foi protocolado em 20 de novembro no Juizado Especial Criminal do Fórum Regional de Santo Amaro, em São Paulo, e traz termos ainda mais duros para convencer a Justiça de que Sikêra Jr. excedeu os limites que competem à profissão de jornalista.

Os advogados de Xuxa pedem urgência para a solução do caso, uma vez que o apresentador da RedeTV! segue utilizando seu espaço diário para associá-la aos crimes de pedofilia e apologia às drogas.

“A vileza e a infâmia contida as manifestações pensadas e voltadas a ofender a honra da vítima adquirem relevo ainda mais indecoroso e desprezível, vez que a querelante [Xuxa] foi vítima de abuso sexual na infância e uma das primeiras mulheres públicas a relatar abusos dessa natureza, de modo a manter hígida a luta pelo direito à inviolabilidade sexual de crianças e adolescentes”, diz parte do apelo da defesa da apresentadora.

Além de apontar o início da briga pública entre as partes, a queixa-crime traz a transcrição das falas de Sikêra Jr. após tomar conhecimento do processo que Xuxa abriu contra ele. Na ocasião, o apresentador voltou a atacar a rainha dos baixinhos, usando termos duros e se referindo a ela como “dona Maria”.

“O cenário narrado demonstra que as falas do apresentador não tinham a mínima intenção de cumprir seu dever jornalístico, mas sim ofender a querelante [Xuxa], ultrapassando a barreira do direito à liberdade de imprensa e manifestação”, aponta o documento.

Os advogados de Xuxa qualificam Sikêra Jr. como mentiroso, desequilibrado, irresponsável, covarde, machista e misógino. Todos os adjetivos foram empregados em momentos distintos, de acordo com os recortes das transcrições das falas do apresentador proferidas no Alerta Nacional.

Notícias da TV


Comente aqui