Brasil

‘XERECARD’: Médico será processado por ofensa a enfermeiras em vídeo

FOTO: REPRODUÇÃO

O Conselho Federal de Enfermagem (Cofen) solicitou a abertura de um processo disciplinar contra o médico Kayke Paiva. Na última segunda-feira (26), o profissional insinuou, em um vídeo no Instagram, que enfermeiras só serão bem sucedidas se optarem pela prostituição ou estudarem Medicina. “Ou tu faz enfermagem, ou usa o ‘xerecard’, ou então tu faz medicina”, declarou Paiva na gravação.

Ao ser interpelado por uma seguidora, o médico ainda a destratou e afirmou que, se precisar de atendimento, vai “pro Sírio Libanês já você vai morrer pobre e diabética dependendo do SUS sem dinheiro nem para o caixão sua lisa”.

Na tentativa de esclarecer a declaração, em uma entrevista ao Portal Uol, o médico alegou que sempre brinca com a questão da pobreza por já ter sido pobre e que a declaração foi um protesto contra a desvalorização das profissionais da enfermagem e que “talvez vender o corpo seja uma boa ideia para ganhar dinheiro”.

Leia Já


1 Comentário

  • Sou tec enfermagem ,e sinceramente eu consegui ver com outros olhos a fala do médico,realmente ele tem razão as prostitutas tem um ganho muito superior ao da nossa classe ,e não é agradável esses situação mas é verdade,pessoas que ajuda a salvar vidas não ter reconhecimento remunerado condizente isso só mostra que os valores no Brasil são hipócritas, se da mais valor na promiscuidade do que na preservação a vida esse é o nosso país, e o médico falou a verdade.
    É triste mas é verdade .
    Mas existe prostitutas em todas as áreas, não cabe a mim julgar ninguém, cada um com o seu cada um.

Comente aqui