Geral

“Senador grafiteiro”: ausente das reuniões sobre a crise no RN, Styvenson se exibe sem camisa no palco da Banda Grafith em Pirangi; veja o vídeo

STYVENSON ENCONTROU COM A BANDA GRAFITH EM PIRANGI E NÃO PERDEU A OPORTUNIDADE: PEDIU “ME CHAMA DE MY LOVE”

Ausente das reuniões voltadas para a discussão e busca de soluções para superar a crise econômica que trava o desenvolvimento do Rio Grane do Norte, tema que tem levado a governadora Fátima Bezerra (PT) e outras lideranças da política local a manter uma agenda positiva junto ao empresariado, poderes Legislativo e Judiciário e representantes de servidores públicos, o senador Styvenson Valentim (REDE) mostrou que na temporada de veraneio a sua prioridade é outra –  assumir a performance de “grafiteiro” e se esbaldar no litoral da praia de Pirangi do Norte.  Candidato ao Senado mais votado nas eleições de 2018 no Rio Grande do Norte, o famoso capitão da ¨Lei Seca¨ voltou aos holofotes, desta vez, não por sua famosa rigidez na aplicação e fiscalização da Lei, mas por sua animação e desenvoltura no palco. Nesta quinta-feira (17), ao sair de sua casa de praia, em Pirangi, o capitão não se conteve ao se deparar com um ensaio da banda Grafith. O senador subiu ao palco, conversou com os vocalistas, pediu a música “Me chama de my love”, e ainda dançou e cantou, sem largar um chiclete que mascava enquanto se exibia sem camisa no palco dos grafiteiros.

O próprio Styvenson fez o vídeo da performance e postou no seu Instagram com a seguinte legenda: “@candyssemedeiros me chama de my love . Valorizando o que é nosso . Dei sorte hoje encontrei a @grafithoficial em Pirangi praia e pedi música”.

Como qualquer ser humano normal, o senador Valentim tem todo o direito de se divertir. No entanto, como homem público, também não custa nada ter a mesma desenvoltura que exibiu no palco do Grafith. No próprio Instagram do ex-PM não há nenhum registro de sua participação em qualquer uma das reuniões já realizadas e voltadas para o enfrentamento da crise estadual.

Também não se ouviu, até o momento, qualquer declaração sua sobre a questão do atraso dos salários do funcionalismo, uma realidade que tem levado ao desespero milhares de famílias de servidores públicos.

Abaixo, assista ao vídeo do “senador grafiteiro”:


Deixe um Comentário