Brasil

“Vermelhou no Curral”… Depois de 1 ano e 7 meses preso, Lula deixa sede da PF em Curitiba

LULA DEIXOU A SUPERINTENDÊNCIA DA POLÍCIA FEDERAL POR VOLTA DAS 17H40 DESTA SEXTA, 8. FOTO: GIULIANO GOMES/PR PRESS

O ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva (PT) deixou a prisão em Curitiba após decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), nesta sexta-feira, 8. Lula saiu da Superintendência da Polícia Federal (PF) por volta das 17h40, e se preparou para discursar acompanhado por seus advogados, familiares, a namorada e a presidente nacional do Partido dos Trabalhadores, Gleisi Hoffmann, além de outros filiados da sigla. Lula ainda aproveitou o momento para apresentar oficialmente a futura esposa e como não poderia deixar passar em claro, também alfinetou o governo Bolsonaro criticando o salário mínimo e até mesmo dizendo que tem um capitão ao seu lado.

Lula ainda falou sobre nulidade no caso do Sítio de Atibaia, o TRF-4 (Tribunal Regional Federal da 4ª Região) marcou para o 27 de novembro o julgamento da apelação criminal do processo

Condenado em duas instâncias no caso do tríplex no Guarujá, no âmbito da Operação Lava Jato, Lula cumpria pena de 8 anos, 10 meses e 20 dias. Agora, o juiz Danilo Pereira Jr. autorizou que Lula recorra em liberdade.

Nesta quinta-feira, 7, por 6 votos a 5, o STF decidiu derrubar a possibilidade de prisão de condenados em segunda instância, alterando um entendimento que vinha sendo adotado desde 2016.

A maioria dos ministros entendeu que, segundo a Constituição, ninguém pode ser considerado culpado até o trânsito em julgado (fase em que não cabe mais recurso) e que a execução provisória da pena fere o princípio da presunção de inocência.

Veja o discurso


Deixe um Comentário