Política

Vereadores eleitos deputados são diplomados; Câmara de Natal terá nova composição a partir de 2019

PRESIDENTE DA CMN, RANIERE BARBOSA COM OS TRÊS VEREADORES DE NATAL, DIPLOMADOS DEPUTADOS ESTADUAIS. (FOTO: ELPÍDIO JUNIOR)

Os candidatos eleitos no estado, em razão das Eleições Gerais 2018, foram diplomados, nesta quarta-feira (19), em cerimônia realizada pelo Tribunal Regional Eleitoral no Teatro Riachuelo e presidida pelo desembargador Glauber Rêgo, presidente da Corte Eleitoral do Rio Grande do Norte. Dentre os diplomados estão três vereadores da Câmara Municipal de Natal: Natália Lula Bonavides (PT), eleita deputada federal, além de Eudiane Macedo (PTC) e Ubaldo Fernandes (PTC), que foram eleitos deputados estaduais.
“Muita gratidão ao povo do Rio Grande do Norte por te me dado essa oportunidade de representá-lo na Câmara Federal. Na Câmara Municipal temos um mandato participativo, construído diariamente através do diálogo com a população. Aliás, todos os projetos de nossa autoria foram feitos com a participação dos movimentos sociais, sendo esta a conduta que vamos levar para Brasília, que acreditamos ser a correta: de mãos dadas com o povo”, pontuou Natália Bonavides.
Na sequência, Eudiane Macedo falou da responsabilidade que assume com a ida para a Assembleia Legislativa. “Fui eleita duas vezes vereadora e agora surge este novo desafio. Existe uma demanda por mais mulheres e jovens na política, pessoas que se comprometam em lutar por serviços públicos de qualidade, pela concretização dos direitos humanos e para que as comunidades tenham voz e vez. Por falar em comunidade, nosso mandato sempre foi comunitário e na Assembleia continuará sendo”.
Ubaldo Fernandes recordou seus seis anos como vereador e traçou metas para o mandato como deputado estadual. “O vereador é a agente político mais próximo da população, aquele que lida sobre as necessidades básicas das pessoas. Foi gratificante travar esse combate diário por uma cidade melhor, que ainda não acabou, pois vou exercer meu mandato de vereador ativamente até o último dia de janeiro”, frisou. “Quem foi eleito este ano é responsável pelo reerguimento político, econômico e financeiro do Estado nas suas mais diversas esferas. A responsabilidade é enorme e a sociedade quer trabalho e soluções”, completou o parlamentar.
Presidente da Câmara Municipal de Natal, o vereador Raniere Barbosa (Avante) representou a Casa na solenidade. “É muita felicidade e satisfação estar aqui para celebrar o êxito dos nossos colegas. É uma alegria para todos nós. O Legislativo Natalense sempre foi um celeiro de bons políticos, prova disso são os atuais vereadores que conquistaram cargos de deputado”, ressaltou.

Em seu discurso, o presidente do TRE-RN agradeceu a presença de todos, em especial aos membros da Corte e servidores pela “contribuição, entrega e dedicação”. “Quero saudar os eleitos e afirmar que terão a missão de fazer uma análise sobre os pactos firmados com a sociedade. Aliás, os políticos têm um papel fundamental na democracia. Cabe ao povo agora continuar a participar das decisões, para fiscalizar e cobrar”, disse Glauber Rêgo.

Sandro Pimentel
O Tribunal Regional Eleitoral determinou a suspensão da diplomação de Sandro Pimentel (PSOL), vereador de Natal que foi eleito em 2018 deputado estadual do Rio Grande do Norte com 19.158 votos. O TRE atendeu um pedido do Ministério Público Eleitoral, que alegou falhas na captação de recursos e nos gastos durante a campanha.
“Nossos advogados estão trabalhando, com todas as medidas legais cabíveis, para garantir a diplomação, pois não existe nenhum fato que coloque sobre dúvida a legalidade de nossa eleição”, afirmou o vereador Sandro Pimentel. Segundo ele, o motivo da desaprovação das contas se deu por um erro técnico.
“Esse mesmo erro técnico foi apontado em várias campanhas de outros candidatos, inclusive aqui no RN, e isso não causou interferência no direito constitucional de diplomação de nenhum eleito. Portanto, confiamos na justiça, na soberania do voto popular e na democracia”, concluiu.
Câmara Municipal terá nova composição
A partir de fevereiro de 2019 a composição da Câmara Municipal de Natal vai mudar. A vereadora Natália Bonavides (PT), que está no seu primeiro mandato no parlamento municipal, ganhou a disputa por uma das oito vagas de deputado federal com a segunda maior votação no estado: 112.998 votos. No legislativo municipal, será substituída pela suplente Divaneide Basílio, também do PT.
Eleita em sua primeira tentativa para a Assembleia, Eudiane Macedo (PTC) obteve 22.333 votos e sua vaga na Câmara Municipal será ocupada pelo suplente Fúlvio Mafaldo (SD). Já Ubaldo Fernandes (PTC) terá como substituto no Legislativo Municipal Dagô (DEM), que já ocupa uma suplência na Casa. Ubaldo teve 20.148 votos na disputa à Assembleia Legislativa.
Caso o vereador Sandro Pimentel (PSOL) seja diplomado pela Justiça Eleitoral, ele será substituído por Maurício Gurgel (PSOL), que já foi vereador da capital potiguar.

Deixe um Comentário