Luto

Velório do ex-prefeito Marcos Formiga começa às 7 horas no Morada da Paz; prefeito Álvaro Dias decreta luto oficial

MARCOS FORMIGA ADMINISTROU A PREFEITURA DE NATAL ENTRE OS ANOS DE 1983 e 1986

O velório do economista e ex-prefeito de Natal, Marcos Formiga, está confirmado para iniciar as 7 horas desta segunda-feira, no cemitério Morada da Paz, em Emaús. Formiga, que morreu neste domingo (26), em decorrência de problemas pulmonares, terá o seu corpo cremado às 17 horas, durante cerimônia restrita a familiares e amigos mais próximos. A missa de corpo presente terá início às 16 horas. O prefeito Álvaro Dias decretou luto oficial de três três dias.

Natural da Paraíba, foi secretário estadual de Planejamento dos governos Cortez Pereira e Tarcísio Maia), atuou como diretor da Empresa Brasileira de Transportes Urbanos (EBTU) e foi deputado federal. 
Deixou sua marca na coordenação do Projeto Mais RN, na Fiern (Federação das Indústrias do Rio Grande do Norte), o mais amplo estudo e planejamento do Estado a longo prazo.

Em março de 2016 recebeu o título de cidadão potiguar em propositura do deputado Hermano Morais.

“Com grande pesar recebemos a notícia do falecimento do ex-prefeito de Natal, Marcos César Formiga. Último prefeito escolhido de maneira indireta, Formiga era detentor de grande conhecimento técnico e de um perfil político conciliador e de fácil diálogo que lhe valeu o respeito e o reconhecimento de correligionários e adversários. Aos familiares e amigos, queremos externar nossas condolências, solidariedade e sentimento de pesar”, declarou o prefeito Álvaro Dias.

Marcos Formiga administrou a Prefeitura do Natal entre os anos de 1983 e 1986. Ele foi responsável por diversas obras e ações na cidade, destacando-se a drenagem e pavimentação de vias que contribuíram para a expansão das zonas Norte, Sul e Oeste. Também ampliou a rede de drenagem entre a Cidade Alta, Ribeira e as Rocas.

Além de prefeito de Natal, Marcos Formiga tem uma extensa folha de serviços prestados ao Poder Público. Dentre eles, como deputado federal em partes de dois mandatos (1998-1991 e no ano de 1994) e como secretário de Áreas Metropolitanas do Ministério da Integração Regional, no governo de Itamar Franco. Atuou ainda como consultor da Confederação Nacional da Indústria (CNI) e da Federação das Indústrias do Rio Grande do Norte (Fiern).


Deixe um Comentário