Política

“Veio bem mais perversa que a PEC aprovada aqui no Congresso”, diz Fábio Faria sobre proposta da Previdência de Fátima

O DEPUTADO FEZ CRÍTICAS E DENÚNCIAS CONTRA FÁTIMA NO INSTAGRAM NA ÚLTIMA SEXTA-FEIRA E AINDA COMENTOU QUE A REFORMA PROPOSTA POR FÁTIMA ESTAVA POR VIR

O deputado federal Fábio Faria, que permaneceu calado durante muito tempo sobre suas opiniões a respeito do governo Fátima Bezerra, resolveu quebrar de vez o silêncio e utilizar as redes sociais para tecer críticas à governadora.

Em vídeo publicado no Instagram na última sexta-feira, Fábio havia declarado que que Fátima estava preparando um proposta de Reforma da Previdência estadual e que enquanto era senadora, a petista chegou a afirmar várias vezes que jamais “trairia o estado” com proposta semelhante.

“Espero que o Congresso diga não a proposta da Reforma da Previdência pelo tanto que ela tem de desumano!”, diz Fátima em vídeo apresentado pelo deputado.

Nessa segunda-feira, 2, o governo apresentou estudo que subsidia a Reforma da Previdência no âmbito do serviço público estadual, mantendo a alíquota inalterada para servidores que recebem até R$ 5.839,45. A proposta apresentada pelo grupo técnico considerou a aplicação de uma alíquota progressiva, na qual o percentual da contribuição cresce de acordo com as faixas salariais do servidor.

Na tarde desta terça-feira, 3, Fábio comentou a proposta da Previdência de Fátima numa série de posts no Twitter. “CHEGOU! A proposta de Reforma da Previdência da governadora do PT chegou à Assembleia. E, pra usar um termo que ela gosta, veio bem mais perversa que a PEC aprovada aqui no Congresso, com os que ganham menos”, disse o deputado.

Fábio Faria segue mostrando as diferenças entre a proposta aprovada pela bancada federal e enviada pela governadora. “Aqui, reduzimos a alíquota para quem ganha até R$ 1 mil a 7,5% e quem ganha até R$ 2 mil pagará 9%. Fátima do PT não quis essa redução. Quer que todos paguem 11% de IPERN. Coisa de quem pensa nos mais pobres?”, questiona.

“Fátima do PT, acreditem, propõe reduzir a faixa de isenção dos inativos para 1 salário mínimo”, continua.

No vídeo em que fez denúncias à Fátima, o deputado federal comentou sobre as críticas que sofreu por ter votado a favor da reforma e ainda citou que a governadora usaria alguém para “mandar pedalada fiscal para a Assembleia”.

“Fui muito criticado, era uma crítica atrás da outra dizendo que eu estava enlouquecendo e agora a sua governadora, viu pessoal, vai mandar a Previdência para a Assembleia, só que ela é covarde. Ela vai querer mandar, vai mandar o vice assumir… agora ela mandou a pedalada fiscal, viajou, e mandou o vice [Antenor Roberto] mandar a pedalada fiscal de um bilhão e tanto para a Assembleia”, denuncia.

O deputado lembra ainda que na época da campanha Fátima Bezerra afirmou que queria assumir para pagar o 13º atrasado e não cumpriu a promessa. “A senhora não fala do décimo que está atrasado!”. “O estado está afundando, todo mundo está vendo e está calado“, afirma.

Vídeo


Deixe um Comentário