Natal

Último dia do Fórum de Debates sobre o Plano Diretor aborda “Gestão, Planejamento e Desenvolvimento Urbano”

O OBJETIVO É REUNIR OS VEREADORES, ESPECIALISTAS E INSTITUIÇÕES ENVOLVIDAS NO PROCESSO PARA DISCUTIR TEMÁTICAS DIVERSAS RELACIONADAS À REVISÃO DO PLANO. FOTO: MARCELO BARROSO

Nesta quarta-feira, 11, a Câmara Municipal de Natal promoverá, às 9h, a quarta e última rodada do Fórum de Debates sobre a revisão do Plano Diretor da capital potiguar. O objetivo é reunir os vereadores, especialistas e instituições envolvidas no processo para discutir temáticas diversas relacionadas à revisão do Plano. Dessa vez, o foco da discussão no plenário da Casa vai ser Gestão, Planejamento e Fundos de Desenvolvimento Urbano. O ciclo de palestras do Fórum de Debates está sendo conduzido por Thiago Mesquita, coordenador do Plano Diretor de Natal e titular da Secretaria de Meio Ambiente e urbanismo (Semurb).

O presidente da Casa, vereador Paulinho Freire (PSDB), ressaltou a importância do Fórum. “O papel do vereador é fiscalizar, legislar e trabalhar voltado à população e ao crescimento da cidade. Então, quando se tem uma matéria de alto grau de responsabilidade, uma matéria que, realmente, vai mudar o dia a dia da população, temos que dar uma assessoria a mais para que possam estudar, analisar e ouvir novas opiniões com pessoas que entendem do assunto, estudaram e trabalham diariamente com o tema”, afirmou.

“Isso representa um marco na Câmara, mostra que ela quer promover o debate democrático na sociedade. Enfim, uma Câmara receptiva, atenta aos pleitos da população, preocupada com a transparência na abordagem de todas as temáticas e com vereadores preocupados e comprometidos com o futuro da cidade”, completou o presidente.

Para a coordenadora do Fórum, Patrícia Chagas, engenheira civil, mestre e pós-doutora em engenharia Sanitária e Ambiental, o “evento promovido pela Câmara de Natal está terminando com bastante êxito, sendo prestigiado através da participação de diversas instituições e a sociedade civil”.

O Executivo Municipal já recebeu mais de 2 mil sugestões em torno das reflexões sociais sobre o projeto.



Comente aqui