Comportamento

Trabalho e prazer: 51% acessaram pornografia no computador do home office

FOTO: ILUSTRAÇÃO

Desde o início da quarentena, muitas pessoas têm encontrado na masturbação e no sexo virtual um aliado de entretenimento e alívio. Contudo, em tempos de home office, fica o questionamento: o trabalho e a pornografia compartilham o mesmo computador?

A resposta é sim. Em uma pesquisa realizada pela empresa de cibersegurança Kaspersky aponta que ao menos 51% já utilizou a mesma máquina em que trabalha para consumir conteúdo pornográfico. O estudo foi feito com mais de 6 mil pessoas do Brasil, Reino Unido, Estados Unidos, França, Austrália, Rússia, Alemanha, Suécia, México e Colômbia.

Dentro dessa porcentagem, 33% relatou usar o computador pessoal para ambas as coisas, enquanto os outros 18% admitiram que acessam pornô no notebook cedido pela empresa.

Como é sabido que muitos sites eróticos contêm vírus, é sempre recomendável estar atento ao que se clica e investir na segurança da máquina com programas antivírus – acessando pornografia ou não.

Metropoles


Comente aqui