Geral

TCE homenageia Fátima Bezerra com medalha “Governador Dinarte Mariz” por contribuição à sociedade

A PROPOSIÇÃO DA HOMENAGEM A FÁTIMA BEZERRA FOI DA CONSELHEIRA E VICE-PRESIDENTE DA CORTE DE CONTAS, ADÉLIA SALES. FOTO: ELISA ELSIE

A governadora Fátima Bezerra foi agraciada nesta sexta-feira, 6, com a Medalha do Mérito “Governador Dinarte Mariz”, comenda instituída em 2003 pelo Tribunal de Contas do Estado – TCE para homenagear personalidades e instituições que ao longo de sua existência e atuação profissional prestaram relevante contribuição ao desenvolvimento da sociedade.

A proposição da homenagem a Fátima Bezerra foi da conselheira e vice-presidente da Corte de Contas, Adélia Sales. Além da Governadora, outras nove pessoas e uma instituição também receberam a comenda.

Fátima Bezerra discursou em nome dos homenageados: “Agradeço aos conselheiros, em especial à doutora Adélia Sales por esta homenagem que muito me honra. Minha relação com TCE é antiga, desde quando deputada estadual. No exercício do mandato na Assembleia Legislativa conseguimos aprovar o primeiro Plano de Carreiras, Cargos e Salários dos servidores desta casa”, lembrou a chefe do Executivo.

Ela destacou a relação construtiva e fraterna da atual administração estadual com o TRE e com os poderes constituídos.  E enfatizou que “a ordem em nosso Governo é inibir fraudes e desvios com o dinheiro público. O mau uso do dinheiro público priva a população de seus direitos. Somos servidores públicos e temos a missão de servir a sociedade, não se servir da sociedade”.

Fátima destacou várias ações do Governo pautadas na transparência e na efetividade: “Estamos estruturando a contabilidade e o controle interno. Estamos combatendo o mal feito. Contratamos auditores e analistas de controle interno. Estamos fazendo auditoria permanente da folha de pagamento. São todas medidas para promover a moralidade, a economia e a melhor utilização recursos públicos. Tanto é que estamos promovendo uma economia em custeio de R$ 130 milhões em comparação a 2018”.

Ao encerrar seu discurso a Governadora convidou “a sociedade e esta Corte a trabalharmos para transformar RN em um lugar de paz e melhor de se viver, o que exige um trabalho incansável na defesa da coisa pública e da ética, sempre pautados nos princípios constitucionais da legalidade, impessoalidade, transparência e ética”.

Representando o Tribunal de Contas, o conselheiro Tarcísio Costa, enfatizou o trabalho que é executado pela Escola de Contas, órgão que dirige no âmbito do TCE, buscando “capacitar os servidores públicos para o exercício de suas funções, além de colaborar no redesenho da gestão pública, abrangendo do planejamento ao controle. O Tribunal exerce o seu dever de contribuir para fortalecer a cultura de moralidade, legalidade, publicidade, impessoalidade e eficiência. Também tem desempenhado seu papel de orientação aos gestores. Mais que reprimir, o Tribunal deve centrar ações para capacitar os administradores públicos”.

Na solenidade a Governadora esteve acompanhada pelo vice-governador Antenor Roberto, pelos secretários de Estado da Segurança Pública e Defesa Social (SESED) Francisco Araújo, do Trabalho, Habitação e Ação Social (SETHAS) Iris de Oliveira, da Infraestrutura, Gustavo Coelho, secretário adjunto do Planejamento, George Câmara, adjunto da SESED, Osmir  Monte, adjunto da SEDEC,  Sílvio Torquato, diretor geral do DER, Manoel Marques, comandante da Polícia Militar, coronel Alarico Azevedo e do Corpo de Bombeiros, coronel Monteiro.

A COMENDA E OS HOMENAGEADOS:

FOTO: ELISA ELSIE

A escolha de Dinarte Mariz para nomear a comenda deve-se ao fato dele ter dedicado a maior parte de sua vida à atividade política, transformando os cargos públicos que exerceu em instrumentos de defesa dos interesses coletivos, especialmente como Governador do Estado e como membro do Congresso Nacional.

ELEIKA BEZERRA GUERREIRO – Vereadora em Natal, mestre em Educação Pela Universidade Federal do Ceará (UFC) e graduada em Pedagogia pela UFRN.

GUSTAVO HENRIQUE LIMA DE CARVALHO – O deputado estadual é bacharel em Ciências Econômicas pela UnP e está em seu quarto mandato na AL/RN.

JORGE IVAN CASCUDO RODRIGUES – Natural de Mossoró, é formado em Direito pela Universidade Federal de Alagoas. Foi prefeito de Natal na década de 70 deixando como legado o primeiro plano diretor da cidade, um marco da expansão urbana do município, além de ter concluído a construção e inaugurado o Estádio Castelão, em 1972.

JOÃO BATISTA BORGES MONTENEGRO (IN MEMORIAM) – Nasceu em Assu em 1924. Em 1950, exerceu o cargo de diretor do S.E.R.A.S. – Secretaria De Ação Social, no governo de José Augusto Varela. Foi eleito deputado estadual no período de 1951 a 1954.

LIGA NORTE-RIO-GRANDENSE CONTRA O CÂNCER – É pioneira no combate à doença e reconhecida pelo Ministério da Saúde como centro de alta complexidade em oncologia. Fundada em 1949, a instituição sem fins lucrativos atende, prioritariamente, a pacientes do sistema único de saúde do RN.

MARCELO FERNANDES DE QUEIROZ – Presidente do Sistema Fecomércio, é um dos líderes empresariais mais respeitados do Rio Grande do Norte.

DOM MARIANO MANZANA – Foi ordenado bispo em setembro de 2004, na Catedral de Trento, na Itália. Sua Posse Canônica aconteceu logo em seguida na cidade de Mossoró. Nasceu em Mori, cidade do interior da Itália.

SELMA MARIA BEZERRA JERÔNIMO – Professora titular do Departamento de Bioquímica da UFRN, docente permanente dos programas de pós-graduação em bioquímica e ciências da saúde; professora visitante das Universidades da Virgínia e Iowa, nos Estados Unidos. Desenvolve trabalhos na área de imunogenética de doenças complexas, com ênfase em pesquisas de doenças infecciosas e parasitárias, como leishmaniose visceral, hanseníase e tuberculose.

TASSO DANTAS – Economista formado pela UFRN, é bacharel em direito pela Universidade Potiguar – UNP. Aposentado do Instituto de Desenvolvimento Econômico e Meio Ambiente – IDEMA. Participou da elaboração de planos de investimentos e desenvolvimento urbano do Governo do Estado na década de 70.

WAGNER DE CAMPOS ROSÁRIO – Auditor federal de finanças e controle desde 2009. Autor de trabalhos como “O papel do controle interno na luta contra a corrupção, com ênfase na investigação conjunta desenvolvida no Brasil e na Espanha”, publicada em 2016.


Deixe um Comentário