Polícia

“Sou vereador e policial”: vereador de Santa Cruz ameaça com arma de fogo enfermeira do Hospital Walfredo Gurgel

VEREADOR  DE SANTA CRUZ “GEAN PARAIBANO” AMEAÇA COM ARMA DE FOGO ENFERMEIRA GRÁVIDA DO WALFREDO GURGEL

Uma vergonha para a classe política.

Dono de um vasto currículo marcado por polêmicas e já respondendo a vários processos, o vereador santa-cruzense Genicleide Ferreira da Silva Azevedo, mais conhecido pelo apelido de “Gean Paraibano”, agiu de forma truculenta contra uma enfermeira do hospital Walfredo Gurgel, cujo nome está sendo preservado. Aos gritos de “EU SOU VEREADOR E POLICIAL”, o edil, que, como homem público, deveria dar exemplo à sociedade, chegou inclusive a levantar a camisa e mostrar para a profissional de saúde que estava armado. O motivo do comportamento delinquente do vereador de Santa Cruz deve-se simplesmente ao fato de a enfermeira, cumprindo o protocolo da unidade hospitalar, ter lhe pedido para interromper uma filmagem que fazia de um paciente amigo, que se encontrava em atendimento do setor de Politraumas HWG, no domingo, dia 17. Somente nesta sexta-feira, dia 22, o fato ganhou destaque e foi divulgado com indignação nas redes sociais.

Aliado político da governadora Fátima Bezerra (PT), o vereador,  totalmente fora de controle, gritava também “que odiava o serviço público que pagava o salário dela” (da enfermeira), segundo relatos veiculados nas redes sociais.

Resultado da baixaria: a enfermeira, que se encontra grávida, teve que receber atendimento médico emergencial, sendo medicada e  posteriormente liberada do expediente, por não mais ter condições de trabalhar.

O episodio gerou um boletim de ocorrência na Polícia Civil, e o Conselho Regional de Enfermagem deverá se posicionar oficialmente sobre o caso.

Currículo sujo

Segundo oBLOG DO FM conseguiu apurar, o vereador “Gean Paraibano” se destaca muita mais por ter um currículo manchado por problemas com a justiça, do que pelo seu desempenho como representante do povo. Ele é alvo até mesmo de um processo por abuso de autoridade, movido pela Ordem dos Advogados do Brasil (OAB/RN).

Tem mais: em dezembro de 2018, o mesmo vereador agrediu o advogado Thiago Jofre, quando este estava no exercício da profissão, durante uma sessão legislativa na cidade de Santa Cruz. A agressão teve grande repercussão no estado, e a OAB promoveu ato de desagravo público em favor do Advogado.

Após o término da mesma sessão legislativa em que o vereador agrediu o advogado, “Gean Paraibano” também sacou a arma e ameaçou a irmã do atual presidente da Câmara de Santa Cruz, Fábio Dias.

O vereador “Gean Paraibano” responde a vários outros processos criminais: uma queixa crime (0100358-87.2019.8.20.0126), um processo por ameaça (0100826-42.2018.8.20.0011), um outro processo por prevaricação (TCO 007/2019) e mais uma outra ação por abuso de autoridade, que é movida em seu desfavor pela OAB/RN.


3 Comentários

  • Esse é o retrato do sistema processual penal do nosso país. Protetor de vagabundo s iguais esse, que casam e batizam pois sabem que nada acontece com ele. Além do protecionismo imoral das leis, feitas pela bandidagem para se autoprotegerem, tem s proteção da própria Câmara que não instaura procedimento para defenestrar esse covarde da edilidade, tem a proteção da corporação policial que ele diz pertencer é pior, tem a cobertura de centenas de alienados que votam num indivíduo desses

  • É esse o tipo de gente que o povo elege para representa-lo, é lámentavel que em pleno terceiro milênio o povo ainda não aprendido que o voto é coisa seria, e que ainda nao saiba votar.

Comente aqui