CORONAVÍRUS

Sicramirn envasa e doa álcool 70º para instituições que atuam no RN

FOTO: DIVULGAÇÃO

A solidariedade tem sido item de primeira necessidade nesses tempos de pandemia. Após o surgimento do novo coronavírus, iniciativas empenhadas em contribuir para o controle da Covid-19 têm se destacado nas mais diversas áreas da sociedade. E, mesmo entidades, cujos negócios não estejam diretamente ligados aos insumos de controle da doença, buscam fazer a sua parte. É o caso do Sindicato da Indústria de Cervejas, Refrigerantes, Águas Minerais e Bebidas em Geral do Rio Grande do Norte (Sicramirn). A instituição comprou álcool líquido 70º e utilizou a estrutura de algumas fontes filiadas para o envase do produto e posterior distribuição.

 “O momento é de união. Percebemos que precisávamos fazer a nossa parte para o controle da pandemia e identificamos que poderíamos contribuir com o envase e distribuição do álcool, que passou a ser item de extrema necessidade para toda a sociedade. Então, aproveitamos que a estrutura que já dispomos, os materiais e, o mais importante: a vontade de ajudar ao próximo”, comenta Djalma Cunha, presidente do Sicramirn.

Desta forma, o Sindicato adquiriu garrafas, tampas, impressão de rótulos e copos de água mineral entre as empresas que fazem parte da instituição e comprou 2.600 mil litros de álcool 70º para o envase. A primeira leva atendeu à demanda da cadeia produtiva da água mineral, especialmente, os pontos de distribuição. Para esses estabelecimentos, foram entregues cinco mil garrafas de 500ml de álcool para uso pelos entregadores de garrafões nas residências, visando à higienização e prevenção da Covid-19. Além disso, 100 litros de álcool foram destinados à Secretaria de Saúde Pública do Rio Grande do Norte (Sesap).

Duas mil garrafas de cinco litros com tampas foram destinadas à Federação da Agricultura e Pecuária do RN (FAERN) e à Federação das Indústrias do Estado do RN (FIERN). Outras cinco mil garrafas foram entregues ao Departamento de Farmácia da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) e quase dois mil copinhos biodegradáveis de água mineral foram destinados à Cruz Vermelha do Brasil, que atua no enfrentamento a Covid-19 no RN.

Djalma Cunha reforça que a ação faz parte de uma cadeia de providências que precisam ser tomadas para o controle efetivo da disseminação do novo coronavírus. “Estamos todos na mesma situação, e qualquer ação que pudermos fazer ajudará nesse embate. Nesse momento, o vírus é o nosso maior inimigo e a solidariedade é a nossa aliada contra essa pandemia. Colocamos a estrutura do Sicramirn à disposição para ajudar no que for preciso”, concluiu.



Deixe um Comentário