Política

Sentido-se desprestigiado na divisão dos cargos federais, deputado Coronel Azevedo “esculhamba” general Araújo e cúpula do PSL, durante o “PSL DAY”

Resultado de imagem para coronel deputado azevedo e girão

DEPUTADO ESTADUAL CORONEL AZEVEDO ESTÁ SE SENTINDO PREJUDICADO NA DIVISÃO DE CARGOS NO PSL/RN E BOTA A BOCA NO TROMBONE

O Partido Social Liberal (PSL) no Rio Grande do Norte está virando arena de briga de “cachorro grande”.

Neste domingo, durante a realização do PSL DAY, o deputado estadual Coronel Azevedo (PSL) resolveu chutar o “pau da barraca”,  pegou o microfone e botou a boca no trombone: reclamou que esta sendo preterido na divisão de cargos e distribuiu “alfinetadas” no general  Araújo Lima, secretário-geral legenda. O coronel Hélio Oliveira, presidente do partido, também levou “porrada”.

Azevedo alega que o partido fechou as portas da divisão de cargos para ele.

Azevedo foi aplaudido por uma barulhenta claque que levou para o evento.

Aliás, nos bastidores do PSL há quem “jure de pés juntos” que Araújo é o grande protagonista do clima de discórdia que toma conta do partido, assim como do acirramento da relação entre o próprio Azevedo e o deputado federal General Girão.

Os rapazes do PSL esperam com avidez o comando dos cargos federais no Rio Grande do Norte.

Funasa, diretorias da Codern, DNIT, entre outros…

A briga por cargos é grande.

Não há “Pátria Amada Brasil” que resista.

 


Deixe um Comentário