Geral

Senadores discordam da resolução que permitiu cobrança pelas bagagens nos aviões

Os senadores foram unânimes em criticar a resolução da Anac que permitiu a cobrança pelas bagagens despachadas nos voos nacionais. Na audiência pública realizada na manhã de hoje (6) pelas comissões de Infraestrutura (CI), de Desenvolvimento Regional e Turismo (CDR) e de Assuntos Econômicos (CAE), os convidados não conseguiram convencer os parlamentares de que a decisão, adotada no ano passado, beneficiou os passageiros.

“Foi uma audiência marcada pela insatisfação do consumidor, do passageiro de avião, por conta da cobrança da bagagem. Quando a medida foi adotada, diziam que resultaria em um preço de passagem mais módico, mais econômico. Como isso não aconteceu, existe a possibilidade de a resolução ser revertida por meio de um projeto de decreto legislativo aprovado pelo Senado que proíbe essa cobrança. A matéria depende de votação da Câmara dos Deputados”, afirmou o senador Garibaldi Filho.

Participaram do debate com os senadores: José Ricardo Pataro Botelho de Queiroz (diretor-presidente da ANAC), Eduardo Sanovicz (presidente da Associação Brasileira das Empresas Aéreas), Ricardo Chaves de Melo Rocha (coordenador-geral de serviços aéreos domésticos da Secretaria Nacional de Aviação Civil) e Luciana Rodrigues Atheniense (membro da Comissão Especial de Defesa do Consumidor do Conselho Federal da OAB).


Deixe um Comentário