Segurança

Sejuc inicia ações preventivas com auxílio das forças armadas para evitar “possíveis ataques” de facções criminosas ao RN

O Sistema Prisional e de Segurança do Rio Grande Do Norte reforçou o patrulhamento desde a última quinta-feira, 30, quando um alerta de possíveis “ataques” dentro e fora dos presídios, com atuação de facções criminosas, foi emitido pela Polícia Federal. Segundo o relatório da PF, as ações aconteceriam estre os dias 4 e 5 de junho.

De acordo com o Coronel Francisco Araújo, secretário de Segurança do Estado, as ações contam com patrulhamento ostensivo de aeronaves em locais de presídios e, em integração com o setor de inteligência do Ministério Público e Forças Armadas, estão trabalhando na coleta de informações com objetivo de evitar “uma desordem social”.

Segundo apurações da Polícia Federal, a facção criminosa estaria articulando ações dentro e fora dos presídios entre os dias 4 e 5 de junho, iniciando às 0h desta terça-feira. Segundo o relátorio da PF, entregue à Secretaria de Segurança Pública do Rio Grande do Norte, a ordem seria de “quebrar tudo”. As ações, descritas no relatório, atuariam não só nos presídios como nas ruas da Capital e algumas ciddades do interior como Pau dos Ferros, Mossoró, Umarizal, Apodi e Macaíba.

O Secretário, assegura que a Sesed e Secretaria de Justiça e Cidadania (Sejuc) já estão tomando medidas conjuntas para coibir as possíveis ações. Para segurança da investigação e ações já iniciadas, o Coronel Araújo, em entrevista ao Blog do FM, explica que “detalhar as ações, não é conveniente divulgar”.

Veja o Vídeo divulgado pelo Governo do Estado com o pronunciamento do Secretário de Segurança



Deixe um Comentário