Política

Sead e UFRN fortalecem parceria e discutem capacitação para Centrais do Cidadão

COORDENADOR DA CODACI, LUIS RENATO NOGUEIRA, EM REUNIÃO COM A UFRN. FOTO: ASSECOM

A Secretaria de Estado da Administração (Sead) realizou, nesta quinta-feira (4), reunião com a Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) para discutir parcerias em prol do aperfeiçoamento da gestão pública estadual. Na ocasião, que contou com a participação de representantes das Coordenadorias de Atendimento ao Servidor e ao Cidadão (Codaci) e de Gestão de Pessoas (Cogep) e também da Escola de Governo Cardeal Dom Eugênio de Araújos Sales (EGRN), os servidores reiteraram a colaboração da Sead com o Departamento de Políticas Públicas (DPP/UFRN), por meio do Projeto de Extensão “Diálogos: reflexões e práticas no aprimoramento da Gestão Pública”.

Uma das pautas debatidas na reunião diz respeito a atividades de capacitação voltadas para os servidores que gerenciam as Centrais do Cidadão. Segundo o coordenador da Codaci, Luis Renato Nogueira, está sendo elaborado, em parceria com a Cogep, o Pró-Gerentes – Programa de Capacitação Continuada dos Gerentes das Centrais do Cidadão. “Este programa vai contribuir para o desenvolvimento permanente desses servidores, priorizando e ampliando as suas competências para a melhoria da eficiência, da eficácia e da qualidade dos serviços públicos prestados aos cidadãos”, explicou.

O Pró-Gerentes propõe a realização de cursos de capacitação por meio de alguns métodos de aprendizagem, quais sejam: cursos; palestras; e workshops. No entanto, todos deverão ser realizados, inicialmente, na modalidade de Ensino a Distância (EaD), em função da pandemia da Covid-19, que impossibilita a reunião de pessoas em um mesmo espaço físico.

As áreas de conhecimento nas quais os gerentes das centrais do cidadão deverão ser capacitados foram definidas a partir de consultas ao planejamento da EGRN e da Escola Nacional de Administração Pública (Enap), bem como a partir de pesquisa realizada com os próprios gerentes, por meio da aplicação de questionário virtual.

De acordo com o coordenador da Codaci, a partir dessas avaliações, foram delimitadas áreas de interesse pertinentes à natureza da função dos gerentes das Centrais do Cidadão. Assim, as capacitações devem seguir inicialmente as áreas de: Planejamento Governamental; Orçamento Público e Finanças; Ética e Cidadania; Gestão de Pessoas no Serviço Público; Gestão de Conflitos; Desenvolvimento Gerencial; e Gestão Documental e de Informações.

“As capacitações dos servidores são fundamentais para seguirmos aprimorando a qualidade dos serviços oferecidos à população. No que se refere às Centrais do Cidadão, vamos em busca de otimizar as competências dos seus agentes públicos, a fim de continuar priorizando os bons atendimentos e oferta de serviços de maneira rápida e descomplicada aos cidadãos”, destacou Luis Renato Nogueira.


Comente aqui