Internacional

“Se tenho algum pecado é ser indígena”, afirma Evo Morales ao desembarcar no México

EVO MORALES CHEGOU NESTA TERÇA-FEIRA AO MÉXICO, PAÍS QUE LHE CONCEDEU ASILO APÓS RENUNCIAR AO CARGO DE PRESIDENTE DA BOLÍVIA. FOTO: REUTERS/EDGARD GARRIDO

Evo Morales e Álvaro García Linera chegaram nesta terça-feira, 12, na cidade do México, onde recebem asilo político após terem renunciado aos cargos de presidente e vice-presidente da Bolívia, no último domingo, 10.

“Estamos muito agradecidos por nos terem salvado a vida”, disse Morales, em pronunciamento ainda no aeroporto, a respeito do asilo concedido pelo presidente mexicano López Obrador na segunda-feira, 11. Também recebeu asilo a ex-ministra da Saúde Gabriela Montaño.

Evo ainda prometeu continuar na política. “Quero dizer que, enquanto eu estiver vivo, seguiremos na política. Enquanto estiver vivo, continuará a luta”, afirmou.

O boliviano embarcou na aeronave da Força Aérea mexicana por volta das 22h50 de segunda-feira no aeroporto de Chimoré, perto de Cochabamba – antigo reduto do ex-presidente. Antes, o avião fez uma parada para abastecimento no Peru, que em um primeiro momento havia autorizado passagem.

De acordo com o chanceler do México, Marcelo Ebrard, o avião com Evo teve dificuldades até pousar na capital mexicana devido às dificuldades em se obter autorização para sobrevoar espaços aéreos de países pelo caminho. Bolívia e Equador, por exemplo, não autorizaram.

O Ministério das Relações Exteriores brasileiro confirmou que permitiu a passagem do voo com Evo pelo espaço aéreo do Brasil a pedido do governo do México.

Com informações: G1


Deixe um Comentário