Segurança

RondaS da GMN ultrapassa 64 mil ações de segurança em 36 meses de atuação nas unidades de saúde de Natal

FOTO: DIVULGAÇÃO

Dados divulgados pela Secretaria Municipal de Segurança Pública e Defesa Social (Semdes), por meio da Coordenação da Ronda Saúde da Guarda Municipal do Natal (RondaS), apontam a quantidade de serviço de patrulhamento preventivo e atendimento a ocorrências realizados nas unidades municipais de saúde da capital. O documento confere que em 36 meses (2017 a 2019) o RondaS alcançou a marca de 64.199 ações de prevenção por meio de patrulhamento nos 98 centros de saúde pública geridos pela Prefeitura do Natal nas quatro zonas administrativas da cidade.

Os números mostram que a cada mês as guarnições operacionais compostas por guardas municipais efetivaram em média 1.784 patrulhamentos com foco na segurança dos posto de saúde, unidades de pronto atendimento e hospitais municipais. Nessas ocasiões, as guarnições conversam com gestores e servidores dos postos, como também fazem patrulhamento externo em toda adjacência dos prédios, compreendendo ainda paradas de transporte coletivo e áreas públicas de uso comunitário como praças e quadras esportivas.

Uma informação importante trazida no relatório estatístico é quantidade de ocorrência atendidas nesses 36 meses pelo patrulhamento do RondaS/GMN, dentro e fora das unidades de saúde municipais. No total, quase 3 mil situações de conflito foram resolvidas ou atenuadas pela presença dos guardas municipais. Cerca de 60% (1997 casos) dessas situações foram registradas nas unidades de atendimento de saúde e as demais, 40% (993 situações) fora ou nas adjacências dos prédios.

Entre as ocorrências de destacadas no relatório, estão apoio as resoluções de conflitos internos de ameaça, agressão, apoio ao Serviço Móvel de Urgência (Samu), como também captura de foragidos da justiça, recuperação de veículos roubados, apreensão de arma de fogo, condução de suspeitos à delegacia, entre outros.

Os dados ainda mostram a quantidade de patrulhamento preventivo efetivado e dividido por distrito sanitário da capital, sendo no Distrito Norte I, 10.180 visitas, Distrito Norte II, 16.190, Distrito Leste, 13.363, Distrito Oeste, 14.204, e Distrito Sul, 11.262 patrulhamentos.

A operacionalização do serviço do RondaS/GMN segue um roteiro de patrulhamento previamente registrado por meio de um cartão-programa, que orienta os guardas municipais a visitarem diariamente todas as unidades de saúde, efetivando patrulhamento e captando as assinaturas dos diretores ou responsáveis pela gestão dos postos de atendimento médico. Esses gestores também dispõem do número de celular das viaturas que patrulham a sua área de localização, podendo o mesmo acionar a qualquer hora os guardas municipais.

A medida é responsável por manter em plantão 24h nos 365 dias do ano, cinco viaturas operacionais e guardas municipais em patrulhamento contínuo nos postos de saúde, unidades de pronto atendimento (UPAs), maternidades e hospital que estão sob a gestão do município. Os guardas municipais patrulham utilizando um sistema integrado de comunicação via rádio de dois tipos: um fixo instalado nas viaturas e o móvel, conhecidos por Hts. O sistema está ligado ao Centro Integrado de Operações em Segurança Pública (Ciosp), onde faz parte a GMN, as polícias Militar e Civil, como também outras forças de segurança e de defesa social.

“Hoje a rede pública de saúde municipal tem mais segurança, graças a essa iniciativa do prefeito Álvaro Dias, que uniu a Semdes e a SMS num convênio que prioriza e assegura a tranquilidade nas unidades de saúde”, comentou a secretária da Semdes, Mônica Santos.



Comente aqui