Tecnologia

Rogério Marinho leva executivos da Microsoft e Uber para conhecer o Metrópole Digital

AS EMPRESAS APRESENTARAM SEUS CASES DE SUCESSO E DETALHARAM PLANEJAMENTOS PARA O FUTURO.

Executivos de algumas das maiores empresas de tecnologia da informação instaladas no Brasil participaram nesta sexta-feira (08) do seminário “Transformação digital e inovação: tendências e oportunidades”, realizado no Instituto Metrópole Digital (IMD), na Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN). O debate contou com a presença, por exemplo, de executivos da Microsoft e da Uber, entre outros membros da Associação Brasileira das Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação (Brasccom), que foram convidados e vieram ao RN à convite do deputado federal Rogério Marinho (PSDB).

Durante o evento, as empresas apresentaram seus cases de sucesso e detalharam planejamentos para o futuro. A Uber, por exemplo, expôs a ousada meta de oferecer no país o transporte aéreo. Também confirmou que há estudos em andamento em torno do carro autônomo, que funcionará sem a necessidade do motorista. Além da Uber e da Microsoft, também estiveram no evento representantes da Embratel, Indra, Sonda, BRQ, Stefanini e TOTVS.


O presidente da Brasccom Sérgio Paulo Gallindo enfatizou em seu discurso a importância da modernização das leis trabalhistas, relatada por Rogério Marinho na Câmara, para o setor de tecnologia da informação. “Ali eu entendi que o potiguar quando fala, faz. Esse é o tipo de política pública que precisamos. Melhor segurança jurídica, flexibilidade de jornada de trabalho que viabiliza o home office – que é do nosso DNA –, e cria vários outros dispositivos”, disse.

Rogério Marinho finalizou o evento explicando os avanços obtidos para o setor a partir da nova lei trabalhista que entrou em vigor no fim de 2017. “Nós adequamos uma legislação com mais de 70 anos para o nosso tempo. Levamos em conta a tecnologia da informação, as novas profissões, novas relações de trabalho. Eu havia dito a Brasccom para sair do Sudeste e conhecer o que estava acontecendo no Nordeste, e não tenho dúvida de que o Metrópole Digital pode avançar muito trabalhando em parceria com a entidade”.


Antes do debate, um painel explicou o nascimento do Metrópole Digital, criado a partir da iniciativa do deputado federal Rogério Marinho, e seu funcionamento na UFRN. Depois, foram expostos os detalhes para a implantação do Parque Tecnológico Metrópole Digital, que já conta com algumas empresas instaladas ao redor da instituição.

Após o seminário, os membros da Brasccom, acompanhados pelo parlamentar, conheceram as instalações do Metrópole Digital e algumas das empresas que funcionam incubadas dentro do Instituto. Depois, ainda visitaram a sede da SIG software e consultoria, que funciona no bairro de Mirassol, dentro da área do Parque Tecnológico. Por fim, ainda foram até a sede do Sebrae-RN conhecer o Sebralab, mais um investimento com o objetivo de fomentar a tecnologia da informação no Estado.

A Brasscom representa 62 empresas e 20 instituições e exerce papel de articulação entre os setores público e privado nas esferas federal, estadual e municipal. Entre os seus objetivos está o de contribuir para o aumento da competitividade do setor de tecnologia da informação e comunicação, além de buscar fomentar a transformação digital no Brasil.



Deixe um Comentário