Brasil

Rodrigo Maia já chorou pelo menos 11 vezes publicamente nos últimos três anos, lembra revista

MOMENTOS DE EMOÇÃO ACONTECERAM EM REFORMA DA PREVIDÊNCIA, IDA DO FROTA PARA O PSDB E PROGRAMAS DE TV. FOTO: DIVULGAÇÃO

Nos últimos quatro meses, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), chorou ao menos cinco vezes publicamente. Conhecido pela sensibilidade acentuada, o deputado protagoniza cenas com a voz embargada e segurando lágrimas, que se tornaram comuns nos últimos três anos, desde que o parlamentar ganhou mais destaque no cenário político.

Assumidamente tímido, Maia não esconde o lado emotivo e frenquentemente vai ao choro enquanto cumpre suas funções na Presidência da Câmara — e, também, nas vezes que assumiu interinamente o comando do país. Foi o que aconteceu, em julho deste ano, quando o deputado caiu em lágrimas ao ser homenageado pela bancada do PSL após a aprovação em primeiro turno do texto-base da Reforma da Previdência na Casa.

Segundo o próprio parlamentar, ele não consegue segurar a emoção em ocasiões importantes, decisivas e que o pegam de surpresa, como foi o caso em que chorou ao ser elogiado pelo também deputado federal Alexandre Frota (PSDB-SP).

“Você vê que eu só choro em momentos em que eu sou surpreendido, como com o dele [Frota], ou em momentos muito importantes”, disse Maia durante entrevista no programa Conversa com Bial , onde também se emocionou.

Época


Deixe um Comentário