Cidades

RN tem pelo menos 238 mil pessoas em busca de trabalho, diz IBGE

COM 17,3% DE DESOCUPAÇÃO, ESSE É O MAIOR REGISTRO DESDE O PRIMEIRO TRIMESTRE DE 2017, QUANDO A TAXA BATEU 16,3%. FOTO: ILUSTRAÇÃO/GETTY

O Rio Grande do Norte tem 238 mil pessoas em busca de trabalho. É o que aponta a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (PNAD Contínua) divulgada pelo IBGE nesta sexta-feira (27) em referência ao trimestre entre julho e setembro de 2020.

Com isso, a taxa de desocupados (pessoas que estão desempregadas mas buscam trabalho) no estado potiguar foi de 17,3% neste período. Esse é o maior registro desde o primeiro trimestre de 2017, quando bateu 16,3%.

De acordo com o IBGE, essa taxa cresceu em 2020 se comparada com 2019. No mesmo período do ano anterior, ela era de 13,4%.

Neste ano, a desocupação manteve estabilidade em relação aos outros dois trimestres do ano, que registraram 15,4% (janeiro, fevereiro e março) e 15% (abril, maio e junho).

A estimativa do PNAD, portanto, é de 238 mil potiguares estavam sem trabalho no período da pesquisa e tomaram alguma medida para conseguir emprego no período de 30 dias, como entregar currículo, atender a entrevistas de emprego, inscrever-se em concurso, entre outras atitudes.

Essas pessoas estavam disponíveis para assumir o posto de trabalho naquela semana caso o tivessem encontrado, porém não obtiveram êxito.

Ocupação cai em 2020

A PNAD Contínua trimestral apontou ainda que o nível de ocupação – que representa o percentual de pessoas ocupadas em relação às pessoas em idade de trabalhar (com 14 anos) – foi de 39,5%.

Assim, a pesquisa estima que 1,13 milhão de potiguares estão ocupados. O total de pessoas em idade para trabalhar é de 2,88 milhões.

A pesquisa indica que houve estabilidade em relação ao trimestre anterior: de 39,4%. No entanto, a taxa caiu em comparação ao mesmo período de 2019, quando registrou 46,9%.

OIBGE apontou ainda que a taxa de participação na força de trabalho – que é o total de pessoas ocupadas ou desocupadas em relação à população em idade de trabalhar – foi de 47,8%.

Esse número indicou estabilidade em relação ao trimestre anterior, que registrou 46,3%, porém apresentou queda em relação ao mesmo trimestre do ano anterior, que era de 54,2%

Posição das pessoas ocupadas

Do total de 1,13 milhão de pessoas ocupadas no RN, o IBGE estima que 47 mil eram empregadores. Dentre eles, 35 mil estavam registrados no Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ). Outros 12 mil atuavam sem cadastro.

G1RN


Comente aqui