Sem categoria

RN tem a terceira maior testagem para diagnóstico da Covid no Nordeste

FOTO: REPRODUÇÃO

No Rio Grande do Norte, 13,3% da população realizou algum teste para saber se estava infectada por covid-19 desde o início da pandemia. Isso representa 471 mil pessoas. Em outubro, eram 419 mil, o que equivalia a 11,8% dos norte-rio-grandenses.

Com esse resultado, o estado potiguar tem o terceiro maior percentual do Nordeste ao lado da Bahia (13,3%) e Paraíba (13,4%). Somente Piauí (20,6%) e Sergipe (14,7%) possuem percentual de testagem mais altos na região.

No Brasil, a média de testagem da população é de 13,5%. A pesquisa conta com testagens de qualquer origem, seja ela em rede pública, instituição privada ou de iniciativa individual.

Encerramento

Com a divulgação dos resultados de novembro de 2020, o IBGE encerra as atividades da PNAD COVID19. Criada especialmente para o período da pandemia, a previsão inicial de duração da pesquisa seria de cerca de quatro meses, mas foi estendida por sete.

O levantamento foi desenhado com um painel fixo de domicílios. Isso significa que todos os meses, pessoas dos mesmos domicílios respondiam o questionário via ligação telefônica, o que gerou cansaço dos informantes. Além disso, a força de trabalho utilizada na pesquisa está redirecionado para os preparativos do Censo Demográfico 2021.

Integrante das Estatísticas Experimentais, a PNAD COVID19 possibilitou “acompanhar a evolução dos efeitos da pandemia sobre o mercado de trabalho e a saúde da população de forma rápida. Isso foi algo que o IBGE nunca tinha feito com uma pesquisa domiciliar”,disse Maria Lúcia Vieira, coordenadora nacional da pesquisa.

A Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD) Contínua permanece como pesquisa oficial sobre mercado de trabalho brasileiro e com divulgação trimestral de resultados para os estados.


Comente aqui