CORONAVÍRUS

RN atinge 79% dos adultos vacinados contra covid-19 com a 1ª dose

FOTO: ALEX RÉGIS

A Defesa Civil Municipal vai participar nesta terça-feira (31), de uma mobilização de conscientização e combate as queimadas organizada pelo Idema. A ação integra várias instituições que estarão unidas numa blitz educativa que inicia às 8h30, no prologamento da Avenida Prudente de Morais, em frente ao Parque da Cidade Dom Nivaldo Monte, que faz parte da Zona de Proteção Ambiental 01, onde é comum o registro incêndios afetando a vegetação nativa.

Na oportunidade, pessoas e veículos que trafegam na via serão abordados pelas equipes educativas que vão entregar material informativo sobre os perigos das queimadas para o meio ambiente e saúde pública, brindes a exemplo de lixeirinhas veicular, além de um trabalho pedagógico alertando sobre os principais motivos para não realizar queimadas e alternativas ao uso do fogo.

A chefe de Operações da Defesa Civil de Natal, Fernanda Jucá, explicou que a ação é coordenada pelo Idema e deve percorrer vários municípios do Rio Grande do Norte, onde as defesas civis municipais passam a integrar o sistema de divulgação e conscientização dos cidadãos com foco a inibir o uso do fogo. “Estaremos juntos unindo forças com o objetivo de alertar à população sobre os riscos das queimadas para a saúde, os efeitos econômicos e sociais desse tipo de prática, como também os males causados ao ecossistema, a flora, a fauna, a atmosfera e ao solo”, comentou.

O material pedagógico que vai ser distribuído durante a blitz educativa também aponta alternativas que são viáveis e desprezam a utilização do fogo, como pastagem ecológica, reflorestamento social, plantio de adubo verde, plantio direto e compostagem.

A ação fortalece medidas preventiva de combate a queimadas em Natal, que conta com 10 Zonas de Proteção Ambiental (ZPAs) que estão resguardadas pelo seu atual Plano Diretor, sendo cinco delas regulamentadas através de legislações específicas. Somadas as suas respectivas áreas, as 10 ZPAs de Natal representam aproximadamente 34% da área total do município.

A ação vai contar ainda com a participação do Corpo de Bombeiros Militar, Defesa Civil Estadual, Guarda Municipal do Natal, Gabinete de Gestão Integrada de Natal (GGI-M), entre outras.

O Rio Grande do Norte atingiu a marca de 79% da população com 18 anos ou mais vacinados contra a Covid-19 com a primeira dose, equivalente pouco mais de 2,1 milhões de potiguares com 18 anos ou mais, segundo a plataforma RN + Vacina.

O resultado é fruto de uma intensa campanha estadual de vacinação realizada em todos os 167 municípios do estado e adesão da população à vacina, método mais eficaz de prevenir o contágio e a disseminação do coronavírus.

A Sesap realizou, nos dois últimos sábados (21 e 28 de agosto), dias D com o objetivo de impulsionar a vacinação dos potiguares. No primeiro dia D, 11.881 pessoas foram vacinadas com primeira, segunda ou dose única contra o coronavírus. Já no segundo dia D, 19.547 potiguares foram vacinados, totalizando mais de 31 mil potiguares vacinados contra a Covid-19.

Segundo o RN + Vacina, pouco mais de 873 mil pessoas já tomaram a segunda dose ou dose única da vacina contra a Covid-19, correspondendo a cerca de 32% da população adulta vacinada no RN. “A Sesap tem feito um trabalho junto aos municípios, insentivando na busca ativa da população que ainda não completou o esquema vacinal, ou seja, não tomou a segunda dose. É fundamental que as pessoas procurem os postos de saúde, porque estamos com a variante Delta em circulação no Estado e nossa defesa é a vacina”, afirma Kelly Lima, coordenadora de Vigilância em Saúde da SESAP.

Até o momento, o RN recebeu mais de 3,7 milhões de doses para a campanha estadual de vacinação, das quais 2,9 milhões já foram administradas pelas salas de vacina em todo RN.

Segunda Dose

Tendo em vista a confirmação de casos da variante em circulação comunitária em Natal, a Sesap reforça e orienta a população para buscar as salas de vacinação mais próximas de suas residências e regularizar ou completar o esquema vacinal. As vacinas são eficazes contra a variante delta e, por isso, é importante a vacinação e adoção de medidas sanitárias de prevenção e combate ao coronavírus.


Comente aqui