Economia

Revista Forbes destaca empresários detentores das 10 maiores fortunas do Brasil

brasil-economico

O ano de 2016 foi de muitos altos e baixos. Instabilidade política, economia em retração acelerada e poucas perspectivas de melhoras em curto prazo. Tudo isso leva a um número significativo de empresas fechando as portas, sendo esse impacto maior entre os pequenos e médios empresários.

Na contramão da mão da crise, muitos empresários brasileiros conseguiram, mesmo em ano de crise, ampliar suas fortunas.  Selecionamos os 10 empresários de maior destaque e detentores das maiores fortunas, segundo lista da Forbes.

Jorge Paulo Lemann

O empresário suíço-brasileiro, Jorge Paulo Lemann, ocupa a primeira posição como o maior bilionário no País. Formado em economia na Universidade de Harvard, o empresário possuiu uma fortuna estimada em de  US$ 27,8 bilhões, vindo grande parte dela da Anheuser-Busch InBev, ou AB Inbev. Sócio da 3G Capital, Lemann se destaca na gestão executiva de excelência e é o único nome brasileiro a aparecer na lista de personalidades mais influentes do mundo.

Joseph Safra

Nascido na Síria, porém originalizado brasileiro, o banqueiro e empresário Joseph Safra potencializou sua fortuna de US$ 17,2 bilhões de dólares após comprar 50% da Chiquita Brands Internatitonal junto de José Luís Cutrale. Fundador do Banco Safra, em 2012 passou a gestão para seus filhos Alberto, David e Jacob, se dedicando ao banco suíço Sarasin, fundando enfim, a holding Bank J. Safra Sarasin.

Marcel Herrmann Telles

Nascido no Rio de Janeiro, o empresário Marcel Herrmann Telles é formado em economia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, local onde conheceu seus futuros sócios Jorge Paulo Lemann e Alberto Sicupira. Ao lado desses dois bilionários, Telles controla a 3G Capital e AB Inbev. Com uma fortuna acumulada em US$ 13 bilhões, foi protagonista de uma das maiores aquisições do mundo dos negócios após a compra da SAB Miller, totalizada em US$ 109 bilhões.

Carlos Alberto Sicupira

Com seus investimentos, o carioca Carlos Alberto Sicupira possui um total de US$ 11,3 bilhões. Também sócio de Lemann e Telles, o empresário é atuante nos setores de bebidas e varejo, além de controlar a companhia belga-brasileira Anheuser-Busch Inbev, a 3G Capital e as lojas Americanas. Também tem participação na Restaurant Brands International, responsável pela  rede de fast food Burger King e Tim Hortons.

Eduardo Saverin

Ocupando a quinta posição como o brasileiro mais rico e a 188ª posição no ranking global, o paulistano Eduardo Saverin é um dos cofundadores do Facebook ao lado de Mark Zuckerberg, Dustin Moskovitz, Chris Hughes e Andrew McCollum. Com uma fortuna estimada em 6,5 bilhões de dólares, renunciou sua cidadania norte-americana passando a morar em Cingapura, onde atualmente investe em startups de tecnologia.

Irmãos Marinho

Roberto Irineu Marinho e João Roberto Marinho são herdeiros da fortuna de Roberto Marinho, fundador da Rede Globo de Televisão, maior grupo midiático da América Latina. O patrimônio de ambos  é estimado em US$ 4,3 bilhões, cada.

Abilio Diniz

Herdeiro do Grupo Pão de Açúcar (GPA), o empresário Abilio dos Santos Diniz ocupa a sétima posição do ranking dos empresários mais ricos do Brasil, sengundo a lista da Forbes Brasil. Atualmente, é presidente do conselho de administração da BRF e um dos acionistas da rede supermercadista Carrefour. Com uma fortuna de US$ 3,4 bilhões, já foi sócio da Companhia Brasileira de Distribuição, que engloba bandeiras de varejo alimentar como o Pão de Açúcar e Extra.

Jorge Moll Filho

Empreendedor brasileiro, Jorge Moll Filho fundou em 1977 a D’Or,  companhia de diagnósticos por imagem depois transformada em uma ampla rede de hospitais e laboratórios responsável por 30 hospitais. Após a venda de 12% de sua participação para o banco BTG, o empreendedor e cardiologista passou a ocupar a 569ª no ranking geral, com uma fortuna de US$ 3 bilhões.

Irmãos Moreira Salles

Filhos de Walther Moreira Salles, fundador do Unibanco que se juntou ao Itaú em 2008, os irmãos Fernando Roberto, João, Walther e Pedro Moreira Salles, ocupam a 612º lugar no ranking geral da Forbes. Contabilizando US$ 2,8 bilhões cada, os herdeiros ainda possuem uma parte das ações da Companhia Brasileira de Metalurgia e Mineração.

 Walter Faria

Dono do Grupo Petrópolis, o empresário paulista Walter Faria possui uma fortuna de US$ 2,6 bilhões.  Após a compra do Grupo Petrópolis em 1998, Faria conseguiu concretizar o sucesso de seus investimentos gradualmente, transformando-o no segundo maior do ramo, perdendo apenas para Ambev.

(Fonte: Brasil Econômico)


Deixe um Comentário