ELEIÇÕES 2020

REPERCUSSÃO: blogueiro analisa que Kelps, Azevedo, Hermano e Jean são “candidatos de mentirinha”, de olho nas eleições de 2022

Sob o título “Candidatos de mentirinha: Kelps, Azevedo, Hermano e Jean disputam a Prefeitura de Natal apostando no recall para 2022”, uma análise feita pelo blogueiro Igor Henrique Costa, editor do Blog “Território Livre”, aponta que os deputados estaduais Kelps Lima, Coronel Azevedo, Hermano Morais e o senador petista Jean Paul Prates estão disputando a Prefeitura do Natal com o objetivo oculto de massificar seus nomes para a disputa eleitoral de 2022, se valendo para isso do chamado “recall” gerado pela exposição diária nos programas eleitorais gratuitos.

O jornalista destaca que o que chama de “candidatos de mentirinha” já devem ter a plena consciência de que não serão eleitos nas eleições do próximo dia 15 de novembro, até mesmo pelos altos índices de rejeição que enfrentam diante da população de Natal. E por isso participam de uma empreitada eleitoral, apenas para tentar garantir seus mandatos em 2022.

Veja abaixo a matéria completa do “Território Livre”.

Os prefeitáveis  Sérgio Leocádio, Kelps Lima, Hermano Morais, Coronel Azevedo e Jean Paul Prates já devem ter claro em suas cabeças que os seus nomes se destacam entre aqueles que não serão votados pelo eleitor natalense sob qualquer hipótese. 

A pesquisa do Ibope deixou esse fato cristalino, ao questionar ao eleitor sobre em quem não votariam de jeito nenhum.

Na política, no entanto, tudo tem uma explicação.

Com uma postulação que transparece como sendo uma espécie de um “reality show” no melhor estilo ‘se colar colou’, o candidato Sérgio Leocádio é o único que não tem mandato. Portanto, seja qual for o resultado da sua votação, estará no lucro, pois conquistará um ‘capital eleitoral’ que no futuro poderá usar como moeda política.

No entanto, na opinião de alguns analistas políticos, os deputados Kelps Lima, Hermano Morais, Coronel Azevedo e o senador Jean Paul Prates disputam a sucessão do prefeito Álvaro Dias com o foco voltado para 2022, quando vão tentar renovar seus mandatos ou buscar alçar novos voos.

São candidatos que estão disputando a eleição de prefeito de Natal, para se beneficiar do ‘recall’ que a propaganda eleitoral proporcionará para os seus futuros projetos eleitorais em 2022. 

Mesmo não se elegendo na eleição para prefeito de Natal, os candidatos com mandato nada perdem. Continuam com seus mandatos e se aproveitam da propaganda gratuita.  

O deputado Kelps Lima, poderá tanto ser candidato à reeleição, como também disputar um mandato de deputado federal em 2022.

O deputado Coronel Azevedo, cuja reeleição é considerada como sendo ‘difícil’, aposta na eleição para prefeito para ganhar visibilidade e tentar pavimentar seu caminho de volta à Assembleia Legislativa.

O deputado Hermano Morais também se beneficia do ‘recall’ para conquistar um novo mandato parlamentar e continuar o trabalho positivo e diferenciado que exerce na Assembleia Legislativa.

Já o senador Jean Paul Prates, um paraquedista que Natal não engole, vai espernear até o último momento para ser reeleito Senador da República, candidatura que espera alavancar a partir de suas aparições como candidato a prefeito no horário eleitoral.

É bom lembrar que o chamado “recall eleitoral” permite que candidatos mais conhecidos do público obtenham melhor colocação em eleições futuras, já que os seus nomes ficam cristalizado na memória dos eleitores.

Com relação às  eleições de 15 de novembro próximo, o eleitor natalense já deve ter percebido isso, para justificar os índices de rejeição dos candidatos deputados e senador: são espécie de “candidatos de mentirinha” que disputam a prefeitura de Natal de olho nas eleições de 2022


Comente aqui