Esporte

Rei ameaçado: Messi e Neymar estão próximos de recordes de Pelé

FOTO: DIVULGAÇÃO

Na vitória sobre o Peru pelas Eliminatórias para a Copa do Mundo do Catar, Neymar marcou três gols e se tornou o segundo maior artilheiro da história da Seleção Brasileira. Agora, o atacante do PSG tentará alcançar Pelé. Mas não é só o brasileiro que pode deixar marcas do Rei para trás: Messi está a oito gols de passar o ex-jogador em número de gols por um clube.

Neymar quer fazer história

Neymar já deixou Ronaldo para trás. O craque do PSG e da Seleção Brasileira marcou três vezes contra o Peru e chegou a 62 gols com a camisa do Brasil. O atacante foi a 64 gols e passou o Fenômeno.

“Todo o meu respeito por ti, Neymar! Joga muito, dá assistência, toca, dribla e goleia. O céu é o limite. Voa, moleque! Que história linda você está escrevendo”, escreveu Ronaldo nas redes sociais nesta quarta-feira (14/10), parabenizando Neymar. O craque homenageou Ronaldo na comemoração de um de seus gols na vitória contra o Peru.

Agora, o craque de 28 anos vai atrás de passar Pelé e se tornar o maior artilheiro da história da Seleção Brasileira, deixando nomes como Rivaldo, Romário, Ronaldo, Zico e Ronaldinho Gaúcho.

Em jogos oficiais, Pelé tem 77 gols com a amarelinha. O número chegaria a 95, mas contaria gols em amistosos e partidas não oficiais.

A próxima oportunidade de ficar mais perto da marca do Rei será nos dias 14 e 17 de novembro, quando o Brasil enfrenta Venezuela e Uruguai pelas Eliminatórias, respectivamente.

Metrópoles


Comente aqui