Política

REFORMA: Wober Júnior afirma que Fátima Bezerra enganou servidores aposentados e deve, no mínimo, perdão a eles

FOTO: DIVULGAÇÃO

Mesmo sendo aprovada em primeira votação, nessa quinta-feira, na ALRN, a reforma da previdência do RN já é criticada por muitos, principalmente os aposentados e pensionistas, que eram isentos da contribuição previdenciária.

Com as novas emendas, os servidores ativos que ganham até R$ 3,5 mil continuarão contribuindo com 11% do salário para a previdência – que é a contribuição. Os aposentados que ganham até esse valor também serão isentos de contribuição. Já os servidores que ganham acima de R$ 25 mil terão a contribuição de 18% – quando a proposta inicial era de 16%.

Nas redes sociais, muitos discordaram da reforma. O ex-deputado estadual Wober Júnior (Cidadania) é um deles. Para ele, a governadora Fátima Bezerra (PT) deveria pedir desculpas aos aposentados, pensionistas e servidores da ativa por “tê-los enganado”.


Comente aqui