Coluna

Refletores da Fama

refletores da fama

MORTE NO JORNALISMO ESPORTIVO

Paulo Stein, 73 anos, morreu vítima da Covid-19. Na quarta-feira, 24, por estar gripado, internou-se no Hospital Rocha Maia, onde foi diagnosticado com síndrome respiratória. Transferido para o Hospital Estadual Anchieta, situado na Zona Portuária do Rio, no Caju, faleceu neste sábado (27). Começou a carreira jornalística no Jornal do Sports, participou da programação esportiva da televisão, inclusive como narrador e apresentador da TV Manchete. Deixa viúva, Viviane, e uma filha, Natasha Stein.

MORTE DO RADIALISTA

O jornalista e radialista José Carlos Cataldi, 67 anos, morreu nesta sexta-feira (26), em São Paulo, de Covid-19. Estava internado no Pronto de Socorro de Pindamonhangaba, à espera de vaga na UTI da Santa Casa, que estava superlotada. Carioca, foi um dos fundadores da Rádio CBN e apresentador das televisões Rio, Record e Manchete.

A MÃE DO PADRE

Ana Maria Melo, 83 anos, mãe do padre e cantor Fábio de Melo morreu neste sábado (27) vítima do Covid. Estava internada em hospital particular de Uberlândia, MG, desde o dia 15. Havia tomado a primeira dose da vacina em 4 de março.

FICA A MEMÓRIA

“Tenho vivido muito na memória. Com quase 91 anos, minha vida já está acabando. A memória (sobre o que fiz) vai persistir”. (Lima Duarte – ator).

A REALIDADE DE NOSSOS DIAS

“Quatro em cada dez mortes por Covid 19 em hospitais neste ano não chegaram à UTI”. (Manchete, O Globo, 28.3.21).

NA FILA DA VACINA

O ex-governador e ex-senador Garibaldi Filho e o ex-Deputado Federal Henrique Eduardo Alves tomaram a primeira dose da Coronavac.

PROCESSADO E MULTADO

Juíza paulista condenou o presidente Bolsonaro a pagar R$ 20 mil a repórter da Folha de S. Paulo, Patrícia Mello, por danos morais. A defesa do presidente vai adiar o pagamento contestando a sentença.

AS MANOBRAS DO PODER

Tancredo Neves dizia que quando o governo não queria resolver uma questão criava uma comissão. Será que o Comitê de Crise criado por Bolsonaro no topo da crise da pandemia terá o mesmo destino? Principalmente, quando se sabe que ele será o principal integrante.

ELES TAMBÉM

O ministro da Economia, Paulo Guedes, o ator Tony Ramos, a apresentadora Ana Maria Braga, tomaram a primeira dose da vacina que todo mundo quer tomar.

FORA, ARAÚJO

Mais de 100 diplomatas publicaram carta pedindo a saída de Ernesto Araújo do Ministério de Relações Exteriores. O presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira, também o responsabiliza por erros da política brasileira em relação a outros países. Será que o ministro não estava cumprindo ordens do presidente?

ELE ESQUECEU QUE FOI O RESPONSÁVEL?

Fernando Henrique Cardoso está assustado com a possibilidade de Jair Bolsonaro ser reeleito. Já disse que se arrependeu de ter votado nele em 2018. Mas não confessa o seu grande erro: o de ter implantado o sistema da reeleição, para ficar mais quatro anos na presidência. No sistema anterior não havia a reeleição imediata, nem para presidente, governador, prefeito. Era preciso esperar o fim mandato do sucessor para voltar a se candidatar.

A ÚNICA SAÍDA

Somente a massificação nacional da vacinação poderá deter em caráter definitivo a matança a que se assiste diariamente e evitará o colapso da economia. O Auxílio Emergencial voltará a evitar o pior, pois o que está ruim poderá ficar pior mais jamais resolverá a dramática crise social e humanitária da nossa História. A promessa de vacinar um milhão de pessoas por dia não pode ficar na promessa – tem de virar realidade. E já – e esse já, já começou a ficar tarde demais.


Comente aqui