Coluna

Refletores da Fama

refletores da fama

AVISO

Natal está sob o Toque de Recolher das 22 horas às seis da manhã.

SEM VAGAS

Pela primeira vez, desde o início da pandemia, Natal está mandando pacientes da Covid 19 para o interior do Estado.

QUEM NÃO SABIA?

Todo mundo sabia. E o que está acontecendo era previsível e inevitável. O Carnaval escancarou as portas do Brasil para o vírus, que, junto com as mutações, deu origem a chamada Tempestade Perfeita que estamos e vamos continuar vivendo até…Quem sabe?

REGISTRO DA VACINA

Entre tantas ruins, uma boa notícia. O nosso amigo, Professor Dalton Melo de Andrade, 91 anos, tomou a primeira dose. Espera-se que a segunda dose demore menos do que a primeira.

DESAPARECIDAS

Para a maioria das pessoas, só acontece o que aparece na televisão. Uma maioria que nunca leu ou deixou de ler jornais e revistas. Como saiu do telejornalismo nacional e local, as pessoas estão acreditando que a falsificação das aplicações das vacinas nos idosos deixou de existir. Graças, supõe-se, ao passe de mágica das secretarias estaduais e municipais da Saúde.
Apenas uma ladra, enfermeira de Niterói, foi demitida. As demais, flagradas pelo celular, transferidas para outro setor da Saúde. Ou, cúmulo da enganação, inocentadas porque eram “inexperientes”.

ATÉ OS RICOS

Em São Paulo os ricos e até os muitos ricos, estão tendo dificuldades para tratar do Covid 19 na rede hospitalar privada. Os dois hospitais mais caros, o Albert Einstein e o Sírio-Libanês estão com as UTIs lotadas. É a primeira vez que isso acontece na pandemia.

PRESENÇA

O mais experiente parlamentar da Assembleia Legislativa, José Dias, integra a importante Comissão de Fiscalização e Finanças, que tem como vice-presidente Tomba Farias.

ELE OU ELE?

O ex-prefeito Carlos Eduardo e o deputado Ezequiel Ferreira de Souza estão de olho na única vaga para o Senado que será disputada em 2022. Ambos querem ser o candidato da governadora. Mas a decisão da escolha – que ainda vai demorar – não será do PT. Será de Fátima Bezerra.

MUDANÇA

Pela primeira vez Dácio Galvão foi fotografado de terno, camisa social, gravata, na cerimônia de posse da Academia Norte-Rio-Grandense de Letras. Isto é: sem as imutáveis camisetas.

A IMORTALIDADE DAS LETRAS

Sob a supervisão de Leide Câmara, Secretária da Academia, realizou-se, nesta quinta-feira, a cerimonia coletiva de posse dos novos membros da Academia Norte-Rio-Grandense de Letras: o historiador Luiz Eduardo Suassuna, mais conhecido como Prof. Coquinho. Marcelo Alves Dias de Souza, escritor, Procurador Regional da República. Woden Madruga, jornalista, colunista da Tribuna do Norte. Armando Nogueira, advogado. E Dácio Galvão, presidente da Fundação Capitania das Artes.
O único que não tomou posse presencialmente foi Woden Madruga, que recebeu em casa a coroa da imortalidade, que lhe foi conferida em 2016.

FRACO O PODER QUE NÃO PODE

Ajoelhado diante do poder imperial do STF, o Presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira, intimidado com o que o ameaçador Alexandre de Morais (ainda) poderá fazer, mandou dizer através da imprensa: “Eu respeito os ministros. Eu respeito o Supremo”.

NO MAR, NÃO

Pela primeira vez, o natalense ficará sem ir à praia durante duas semanas. Medida do prefeito Álvaro Dias diante do Covid 19, que se espalhou pela cidade e está lotando a rede hospitalar pública e privada. E vai continuar se espalhando por causa do Carnaval.

E NÃO PARA DE AUMENTAR

A Unimed Natal, a maior do Rio Grande do Norte, que agrupa sete hospitais, registrou aumento de 110% de pacientes internados com sintomas da Covid-19. Do dia 5 a 25 de fevereiro, o número de paciente saltou de 57 para 124.

Foto: Divulgação

ABSOLVIÇÃO

Por unanimidade, a Segunda Câmara Cível do Tribunal de Justiça (RN) absolveu o jornalista Rubens Lemos Filho, que fora acusado pelo Ministério Público (RN) de improbidade administrativa quando era Secretário de Comunicação Social do Governo Wilma de Farias.
A denúncia foi feita em 2004. É um absurdo o imobilismo da máquina da justiça no Brasil. Mas a Justiça pode tudo. Pode deixar um cidadão, sem ser culpado, viver sob suspeição 17 anos!

CASTIGO DE DEUS

“Eu sou o único candidato que tem linha direta com Deus”. (Francisco Rossi, em 1998, antes de ser derrotado nas eleições para o governo de SP).

BOCA DE FOGO

“O presidente Fernando Henrique é imperador, falsário e vendilhão da pátria”. (Lula da Silva: 1999).

FATOS & FOTOS
Natal, Palácio do Potengi, 2004. Valério Mesquita e Aluízio Alves, na noite de autógrafos de “O Que Eu Não Esqueci”, o último livro do ex-governador.

Foto: Acervo

Comente aqui