Coluna

Refletores da Fama

refletores da fama

REGISTRO

Garibaldi informa que não será candidato ao Governo do Estado em 2022.

O JOGO DO SILÊNCIO

José Agripino permanece calado. Sem dizer como – e por onde – voltará à ribalta política em 2022. Por enquanto, mas, apenas, por enquanto, não diz sequer se será candidato.

ELOGIO INESPERADO

Na entrevista publicada neste domingo (14) na Tribuna do Norte, o governador de São Paulo e pré-candidato à Presidência, João Doria, sapecou um beijo eleitoral em Fátima Bezerra: “Ela faz um trabalho que eu reputo dedicado”.

JORNALISMO

Quem foi o autor – ou autores – da entrevista de João Doria na Tribuna do Norte?

ANÁLISE POLÍTICA

Conhecedor desde a adolescência da política do Rio Grande do Norte, e também como experiente político, Valério Mesquita fez a seguinte análise para Refletores da Fama:
“Vi, através de sua coluna, notícias pertinentes sobre as eleições de 2022. Permito-me, sublinhar a referente a Garibaldi Filho para governador. Acho pouco provável. Quem perdeu, na última disputa, duas vagas para o Senado, que musculatura política adquiriu para tentar o governo, quando já perdeu uma disputa antes?
Não é a idade. É a imagem fatigada com prazo de validade para cargo majoritário. A alternativa é concorrer a deputado estadual ou federal”.

LUTO NO XADREZ POTIGUAR

Dia 13 de fevereiro, morreu, vítima de tumor cerebral, Alécio Damasceno, cujo nome permanecerá gravado para sempre na História do Xadrez do Rio Grande do Norte. Foi o fundador da Academia Damasceno de Xadrez, um marco insuperável em Natal por suas múltiplas atividades, inclusive pela formação de uma nova geração de jogadores. A Academia substituiu o histórico lugar que no passado foi ocupado pelo antigo Clube de Xadrez de Natal. Ressalta-se que se tratava de uma iniciativa particular. Todos nós, enxadristas, temos uma dívida de gratidão para com Alécio Damasceno.

Foto: Acervo ADX

ANTES TARDE DO QUE NUNCA

O projeto que dá autonomia do Banco Central esperou 27 anos para ser aprovado pelo Congresso. E por que isso aconteceu? Simplesmente porque Fernando Henrique, Lula da Silva, Dilma Rouseff, não quiseram abrir mão de nomear e demitir os diretores do BC. Todos concordavam que a autonomia, existente em outros países, era necessária e que o Banco Central não poderia ficar subordinado aos interesses políticos dos governantes. Tudo não passava de palavras ao vento.
Quer se queira ou não, a autonomia do BC foi um acerto econômico do Governo Bolsonaro.

BANQUEIRO INOCENTE?

Veja o que disse (lá em 1997) Gustavo Loyola, presidente do Banco Central: “O Banco Central pode até não saber porque está batendo, mas, com certeza, os bancos sabem por que estão apanhando”.

ELE PODE TUDO

Mais uma de Gilmar Mendes. O ministro jogou na lata do lixo do STF a decisão da Justiça que ordenou a prisão domiciliar do ex-prefeito do Rio de Janeiro, afastado do cargo por corrupção. Marcello Crivella agradeceu o perdão do Rei Momo do STF.

E OS ESTRANGEIROS?

O perfil do turista do RN. Pesquisa feita entre 5 a 20 de janeiro deste ano, mostra que mais de 96% dos visitantes moravam no Brasil. Apenas 3,2% eram estrangeiros.
Os números de turistas por Estado. Com 16,2%, São Paulo, lá na frente, é o recordista. Surpreendente baixo o número dos cariocas: apenas 6,8%. Abaixo até dos nossos vizinhos paraibanos, cujo percentual é de 7%.
Transporte: mais de 50% vieram de carro.

CURIOSIDADE

Natal é a única capital cujos eventos turísticos não são promovidos pela Secretaria Municipal de Turismo. Estão há anos a cargo da Capitania das Artes. Foi assim na administração de Carlos Eduardo e continua sendo assim na de Álvaro Dias. Será que no próximo ano, Fernando Fernandes terá permissão (pelo menos) do coroar o Rei Momo?

CONFIDENCIAL

Segundo uma fonte da Corte: O sonho de Bolsonaro é ter Lula como adversário nas eleições de 2022.


Comente aqui