Coluna

Refletores da Fama

refletores da fama

E SE ELE TIVER CERTO?

“Não há outra alternativa. A equação brasileira é a seguinte: ou o país entra num lockdown nacional imediatamente ou não daremos conta de enterrar nossos mortos em 2021”.
A sentença mortal foi de Miguel Nicolelis, professor da Universidade Duke, Estados Unidos, e um dos criadores do Projeto Mandacaru responsável por estudos sobre a pandemia no Nordeste.

A INVASÃO DO VÍRUS NO RN

A Secretaria Estadual de Saúde do Rio Grande do Norte vem registrando aumento de casos e óbitos no Estado. Entre 4 e 11 de janeiro, 87 potiguares foram mortos pela Covid 19.
A soma de março de 2020 a 11 de janeiro de 2021 na contagem oficial, que é incompleta: 3.098 mortes.

O POLVO DA INFLAÇÃO

Pelos números oficiais, que sempre são abaixo dos reais, a inflação atingiu o patamar mais alto desde 2016. É uma piada dizer que foi de quase 5% quando somente a cesta básica subiu mais 20% na pesquisa nacional.
Veja o salto da alimentação em algumas cidades: Salvador (32,89%). Aracaju (28,75%). Belo Horizonte (27,79%). João Pessoa (27,21%). Fortaleza (23,37%).

O QUE NÃO ENTROU NA PESQUISA

Os escandalosos casos dos combustíveis e do gás de cozinha. A Petrobras aumentou 12 vezes o botijão de gás de 13 km em 2020, que logo estará sendo vendido a R$ 90,00 em Natal.
O pobre não pode dissociar a cesta básica do gás – nem o pãozinho francês.

OS FAMOSOS E A VACINA

A Rainha Elizabeth, 94 anos, e o marido, o Príncipe Phillip, 99 anos, foram vacinados – mas longe dos refletores da mídia internacional.

PONTO DE VISTA

“Natal é uma cidade de assalariados e o pagamento do IPTU se transforma em tortura para os orçamentos estrangulados. Considerando a catástrofe epidêmica, seria justo aumentar o desconto para 25º no pagamento antecipado, ao invés de 16º e prorrogar o prazo até 16 de março, no mínimo. Poderia até dividir em duas parcelas o pagamento antecipado. Medidas desse tipo contribuem para aumentar a arrecadação, em momento de crise” (Ney Lopes, Por Trás da Notícia, AgoraRN, 11.1.21.

MEMÓRIA

“(…) Intelectual, erudito e poliglota (sem narcisismo), Nelson Patriota não alterava a voz. Era gentleman e exigente. Os textos, tratava como ourives burilando a pedra preciosa, não raros seus imperceptíveis sermões nos repórteres que abusavam do agressão ao idioma. Nelson Patriota exercia o respeito à escrita como profissão de fé.
(…) Suave e elegante como britânico lorde, Nelson Patriota morreu no de Dia de Santos. Aos 71 anos. Ignorava, com solenidade, o futebol” (Rubens Lemos Filho, “Lorde e Patriota”, Tribuna do Norte, 8.1.21).

Foto: Papo Cultura

A ESCALADA DO CUSTO DE VIDA

Veja a alta mediana dos preços de alguns produtos nos supermercados e padarias em 2020.
Arroz (48,20%). Açúcar. (33,48). Leite (28,31%). Feijão (27,08%). Pão francês (20,99%). Farinha (17,92). Tomate (9,68%.).
Quem ganha o salário mínimo deixou de comer carne diariamente.

A TROCA DO BASTÃO DO PT

Por discordar do editorial da Folha de S.Paulo, Fernando Haddad suspendeu sua colaboração semanal. Guilherme Boulos entrou no seu lugar.

OS PRESIDENTES E A VACINA

O presidente eleito dos EUA, Joe Biden, tomou a segunda dose da vacina.

Foto: Reuters

UMA TRAGÉDIA MUNDIAL

Número de mortes da pandemia até 12 de janeiro: 1.940.456.

A SUBSTITUIÇÃO DA VERSÃO

O ator Henri Castelli, que foi agredido em Alagoas, desmentiu a primeira versão que divulgou nas redes sociais.
“Estou melhor e pronto para expor a verdade. A verdade é que não foi um acidente. Fui agredido covardemente sem que eu pudesse reagir e me defender. Fui agarrado pelas costas, jogado no chão, vítima de socos e chutes no rosto. Tive fratura exposta da mandíbula”.
Faltou dizer quem foram os agressores.

Foto: Jornal Correio

MANCHETE

Brasil registra a maior média móvel de casos da Covid 19 desde o começo da pandemia. (O Globo: 12.1.21).

FORD, O FIM

O Brasil perdeu a fábrica Ford e cinco mil funcionários perderam o emprego. Enquanto isso, a Argentina será beneficiada com investimos de 580 milhões de dólares da matriz americana.
Por que a Ford dava prejuízo no Brasil e lucro na Argentina?


Comente aqui