Natal

Recursos de R$ 5,5 milhões que Paulinho Freire economizou na Câmara Municipal de Natal retornam aos cofres da PMN dia 29

MONTANTE DEVOLVIDO AOS COFRES MUNICIPAIS, MAIOR DA HISTÓRIA DA CMN, SERÁ INVESTIDO EM MELHORIAS PARA A POPULAÇÃO

Os cofres do município encerram o ano de 2019 bem abastecidos. Cerca de R$ 5,5 milhões provenientes do repasse de verba mensal obrigatória do Executivo ao Legislativo municipal. O montante que voltará aos cofres municipais é a maior devolução da história da Câmara de Natal e representa uma grande economia feita pelo Parlamento.

O protocolo de devolução acontece nesta sexta-feira, 27, no Palácio Felipe Camarão. Já o valor economizado retornará aos cofres do Executivo no próximo dia 29 de dezembro.

De acordo com o presidente da Casa, vereador Paulinho Freire (PSDB), a conquista reafirma o compromisso com a austeridade e a eficiência na gestão pública, pilares prioritários da sua gestão. “É de conhecimento geral que o momento econômico do país continua exigindo adequações. Assim, tomamos medidas como redução de cargos comissionados, corte de diárias, horas extras, gratificações, passagens aéreas, buffet e redução da frota de veículos. Trata-se de uma questão de zelo com o dinheiro do contribuinte e de administrar com responsabilidade. Planejamos isso no início do ano e conseguimos executar, conforme a meta estabelecida”, destacou.

O presidente da CMN também ressaltou a parceria dos vereadores, que contribuíram para a otimização dos recursos. “Acreditamos que essa devolução é fruto da compreensão do parlamento sobre a necessidade de otimizar recursos, gerar economia e contribuir, efetivamente, para a qualificação dos serviços prestados pelo poder público ao conjunto da população”, enfatizou.

Paulinho Freire ainda frisou a importância de encerrar o ano com um balanço positivo, que inclui metas cumpridas e contas da gestão em dia. “Em 2002, quando presidente, já fiz devolução de verbas ao Executivo. Agora, chegando nessa época de festas de fim de ano, considero esse o maior motivo para minha comemoração. É gratificante devolver recursos em benefício da população, considerando que esse é fruto de um trabalho voltado à economia e prudência de gastos. Certamente, no próximo ano, continuaremos com práticas voltadas à transparência no trato do erário público, com método e participação popular”, finalizou.



Comente aqui