Política

PT quer alianças inéditas para eleições de 2020; No RN, Mineiro defende Natália e Jean Paul como ‘nomes fortes’


A DEPUTADA FEDERAL NATÁLIA BONAVIDES E O SENADOR JEAN PAUL PRATES (NOS EXTREMOS DA IMAGEM) SÃO NOMES SUGERIDOS POR FERNANDO MINEIRO. FOTO: REPRODUÇÃO/INSTAGRAM

Diante do avanço das forças de direita no plano nacional, os partidos de esquerda que fazem oposição ao governo do presidente Jair Bolsonaro planejam alianças inéditas para a eleição municipal do ano que vem. Como sinal mais evidente desse movimento, pela primeira vez na história, o PT deve apoiar em primeiro turno candidatos do Psol em disputas importantes.

Durante o governo Bolsonaro, são dadas como certas adesões dos petistas às candidaturas de Marcelo Freixo, no Rio, e Edmilson Rodrigues, em Belém. O Psol foi fundado em 2004 por deputados que haviam sido expulsos do PT por se posicionarem de forma crítica ao governo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

No Rio Grande do Norte, o secretário de Gestão de Projetos e Articulação Institucional do Governo do Estado, Fernando Mineiro, defende como os nomes mais fortes para a disputa eleitoral no próximo ano, o da deputada federal Natália Bonavides e do senador Jean Paul Prates.

“O partido deve sim colocar algum nome para a disputa da Prefeitura, mas isso só deve ser firmado mais para frente e depois desta reunião do próximo dia 6. Esse vai ser o principal tema do encontro”, destacou Mineiro, em recente entrevista para o programa Manhã Agora, da rádio Agora FM (97,9 FM).

Com informações de iG e Agora RN


Deixe um Comentário