Brasil

PT inicia negociações com partidos de centro por apoio em 2022

APÓS DECISÃO QUE BENEFICIOU O EX-PRESIDENTE LULA NO SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL, O PARTIDO BUSCA O APOIO DE PSD E MDB. FOTO: RICARDO STUCKERT

Após a elegibilidade do ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva (PT) ser confirmada no plenário do Superior Tribunal Federal ( STF ), o Partido dos Trabalhadores acelerou as negociações junto a partidos de centro para viabilizar a candidatura de seu principal líder. As informações são do jornal A Folha de S.Paulo .

Entre os partidos envolvidos nas tratativas, destacam-se o apoio ao PSD, MDB e PSB nos estados em troca de um apoio na corrida do ex-presidente ao Palácio do Planalto no ano que vem.

“Está claro nas últimas intervenções de Lula que a melhor estratégia é repetir o perfil da candidatura de 2002, abrindo espaço para partidos do centro democrático”, argumentou o senador Paulo Rocha (PT-PA).

Líderes petistas entendem que é o momento de apostar em alianças opositoras ao Presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), nas capitais. O posicionamento vai de encontro ao realizado em 2020, quando o Partido dos Trabalhadores lançou candidaturas em 21 das 26 capitais do país.

A tendência é o PT dar ‘continuidade’ e ter candidaturas próprias apenas em estados em que já governa : Bahia, Piauí e Rio Grande do Norte. Outros grandes colégios eleitorals, como São Paulo e Rio Grande do Sul ainda estão indefinidos.

iG


Comente aqui