Cidades

Promotor responsável pelo Estatuto do Torcedor no RN diz que “bandido será tratado como tal”

LUIZ EDUARDO MARINHO TEM ATUAÇÃO IMPORTANTE NO COMBATE À VIOLÊNCIA NO FUTEBOL. FOTO: DIVULGAÇÃO

No seu twitter pessoal, o Promotor Luiz Eduardo Marinho, responsável pela implantação e fiscalização do Estatuto do Torcedor no RN, escreveu que Jogadores do America, homens de bem, irão e voltarão em segurança. Tudo certo com a PM da PB e RN! Bandido será tratado como tal!

Luiz Eduardo disse ainda que no mesmo dia da violência praticada contra a delegação do Campinense, por “torcedores” do América, recebeu ” pedido de providências da FNF e afirmo que a PM fez prisões em flagrante. Precisamos manter vândalos fora dos estádios e para isso parceria é fundamental”.

A direção do América teve uma reunião com o Secretário da Segurança Pública do RN, Coronel Francisco Araújo, que entrou em contato , titular da pasta da Segurança na Paraíba. Jean Francisco Bezerra Nunes, e também com o comandante-geral da Polícia Militar da Paraíba, coronel Euller de Assis Chaves solicitando reforço policial para a delegação rubra que não vai divulgar a logística da viagem para Campina Grande.

Jogar duro

O trabalho que o Promotor Luiz Eduardo Marinho vem realizando no efetivo combate à violência no futebol do Rio Grande é louvável sob todos os aspectos, mas penso que é preciso que os clubes façam a parte deles neste processo que eu sei que é dificil.

É preciso que os clubes separem o joio do trigo, que não amparem torcidas organizadas com histórico de violência, que tomem medidas de combate à ação de marginais que se infiltram nas organizadas, o que não é um fenômeno apenas no RN.

O Estatuto do Torcedor é uma lei federal que prevê punição para maus torcedores e precisa ser aplicado com rigor, é preciso que esses camaradas sejam identificados e punidos com o rigor. Pelo Estatuto do Torcedor com a proibição de acesso aos estádios, e punidos com base no Código Penal.

O que não pode é o clube ser refém deste tipo de torcedor. Ministério Público, Polícia Civil, Polícia Militar e Poder Judiciário juntos, cada um na sua alçada tem como jogar duro contra essa gente.

Hoje o prejuízo foi com o América, amanhã pode ser com o ABC. Hoje foi invasão de hotel, depredação de patrimônio e agressão, amanhã podem voltar as mortes, oi seja, a hora de mostrar o peso da lei é agora.

Tem toda a razão o Promotor Luiz Eduardo Marinho: ” Bandido será tratado como tal”.

Portal 98 FM



Comente aqui