Economia

Procon Natal orienta e dar dicas para evitar problemas nas compras do Black Friday

CONSUMIDOR DEVE FICAR ATENTO ÀS OFERTAS, ÀS CONDIÇÕES DE PAGAMENTO E AO PRAZO DE ENTREGA DOS PRODUTOS QUE PRETENDE ADQUIRIR NA BLACK FRIDAY

O Instituto Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon Natal) orienta os consumidores sobre o que observar antes de comprar no Black Friday, que este ano será realizado na próxima sexta-feira (24). Segundo o órgão, para evitar problemas e arrependimentos, o consumidor deve, dias antes da “Black Friday”, verificar o preço do produto desejado para poder comprovar se ele realmente estará em oferta no dia da promoção.

Uma dica é guardar as propagandas veiculadas na internet, fazendo a captura da tela.

Em 2016, muitas pessoas notaram que algumas lojas subiam os valores de seus produtos e na semana de liquidação realizavam grandes descontos, prática que na verdade deixava o produto apenas alinhado com seu valor original.

Segundo dados da organização da Black Friday no país, em 2016 foram movimentados R$ 1,9 bilhão de vendas, o que representou um aumento de 17%, em comparação com o ano de 2015. Nas lojas virtuais, foram realizados 2,23 milhões de pedidos. Este ano, a expectativa é que sejam 2,2 bilhões negociações.

DICAS PROCON NATAL:

1) O consumidor deve ficar atento às ofertas, às condições de pagamento e ao prazo de entrega dos produtos que pretende adquirir na Black Friday;

2) Para compras online, verifique se o site da loja é confiável, pesquisando outras referências e opiniões. Caso a loja não seja muito conhecida, prefira efetuar o pagamento por meio de cartão de crédito;

3) Salve os e-mails trocados com o fornecedor, pois eles servem de comprovantes, no caso de trocas ou não recebimento do produto;

4) Se o pagamento for feito por meio de boleto bancário, ele deve ser efetuado com cuidado, pois esta é uma forma de pagamento mais utilizada para a realização de fraudes, com a possibilidade de alteração dos dados. Optando por este meio de pagamento, preferencialmente, o boleto deve estar em formato PDF, que é bem mais seguro do que o impresso direto na página;

5) No caso de produtos importados adquiridos no Brasil, estes seguem as mesmas regras dos produtos nacionais desde que sejam de estabelecimentos legalizados, verificar a informação quanto ao importador;

6) Fique atento aos preços apresentados antes da Black Friday, para constatar se realmente foi concedido o desconto prometido. Pesquise e compare os preços antes da campanha;

7) Observe o prazo de entrega da mercadoria, que deve estar registrado na nota fiscal ou no recibo;

8) Leia as políticas de troca e devolução do estabelecimento e as letras de rodapé, para ter ciência no caso de eventuais condições diferenciadas aplicadas pela loja e evitar surpresas desagradáveis;

9) Examine a mercadoria e assine o documento de comprovação de recebimento somente após a confirmação do estado do produto. Qualquer irregularidade deve ser justificada e a empresa responsável deve resolver o problema.

Para registrar reclamação, o Procon Natal fica situado na Avenida Ulisses Cidade, 181, Cidade, funcionando das 8:00 às 16:00 horas. Maiores esclarecimentos, dúvidas, sugestões ou denúncias poderão ser feitas ainda pelo telefone 3232-9050, whatsapp 98870-3865 ou pelo e-mail: procon.natal@natal.rn.gov.br



Deixe um Comentário