Cidades

Problemas em adutoras afetam abastecimento de água no interior do RN

FOTO: DIVULGAÇÃO

A Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte registrou problemas em pelo menos quatro adutoras do estado. A empresa relatou defeitos na Monsenhor Expedito, na Boqueirão, na Alto Oeste e ainda no Sistema Integrado Pureza-Entrocamento.

As cidades de Coronel Ezequiel, Jaçanã e Campo Redondo estão com abastecimento suspenso. A Caern desligou o sistema para fazer o conserto do vazamento na Adutora Monsenhor Expedito, entre Santa Cruz e Coronel Ezequiel.

A previsão é religar o sistema no final da tarde desta terça-feira (14). A normalização ocorrerá em 48 horas, ou seja, até final da tarde de quinta-feira (16).

O outro vazamento ocorreu na Adutora Boqueirão, em Touros, próximo à comunidade de Canabrava. Estão com o abastecimento suspenso os municípios de Caiçara do Norte, São Bento do Norte, Pedra Grande, Parazinho, além das comunidades rurais desses municípios, de São Miguel dos Gostoso e de Touros.

O trabalho de conserto será concluído até o meio dia desta terça-feira (14). Para que o sistema esteja completamente normalizado, será necessário aguardar um prazo de até 48 horas.

A Caern está trabalhando também na retirada de vazamentos na adutora Alto Oeste, no trecho localizado no município de Lucrécia e outro em Frutuoso Gomes. Devido ao trabalho o abastecimento está suspenso para as cidades de Antônio Martins, Frutuoso Gomes, Itaú, João Dias, Lucrécia, Martins, Riacho da Cruz, Olho d’Água dos Borges e Rodolfo Fernandes, além da Comunidade Malhada Vermelha, em Severiano Melo. A previsão da Companhia é que o serviço seja concluído no fim da tarde desta terça-feira (14).

O fornecimento de água será retomado no término do serviço. Já o prazo de normalização é de até 72h. Para a cidade de Martins, pelas dificuldades de distribuição, o prazo é de até dez dias.

Solução

Equipes da Regional Mato Grande da Caern trabalham nesse início de semana na manutenção de trechos de adutoras que apresentaram vazamentos. Um deles ocorreu em uma adutora de 300 mm do Sistema Integrado Pureza-Entroncamento, afetando o abastecimento nos municípios de Taipu, Poço Branco, Bento Fernandes e João Câmara, que estão com o fornecimento reduzido.

O serviço de reparo foi concluído nessa segunda-feira (13), com a imediata retomada do funcionamento do sistema. Mas, para que todo o abastecimento esteja completamente normalizado, é preciso aguardar um prazo de até 72 horas.



Comente aqui