OAB;OAB/RN

Presidente eleito da OAB/RN diz que prefeito interino de Santa Cruz “violou prerrogativas” ao agredir advogado Thiago Jofre

ALDO MEDEIROS CONDENA ATITUDE DO PREFEITO INTERINO DE SANTA CRUZ E DIZ QUE ELE É PASSÍVEL DE MEDIDAS PENAIS E CIVIL

O presidente eleito da Ordem dos Advogados do Brasil no Rio Grande do Norte (OAB/RN), advogado Aldo Medeiros Filho, disse que o advogado Thiago Jofre “teve as suas prerrogativas de advogado violadas”, ao ser agredido com um ‘empurrão’pelo prefeito interino de Santa Cruz, vereador Gean Paraibano, durante uma tumultuada sessão legislativa realizada na noite desta terça-feira, 11, com o objetivo de eleger a Mesa Diretora da Câmara Municipal. Thiago Jofre, que se encontrava no local como advogado de um grupo de vereadores que faz oposição ao prefeito interino, disse ao BLOG DO FM, que está protocolando na OAB/RN “um pedido de desagravo e de investigação por parte da Comissão de Prerrogativas” da entidade.

“Imagens deixam muito claro que ele (Thiago Jofre) teve suas prerrogativas de advogado violadas e foi vítima de uma violência. Cabe penalidades não só de natureza da violação das prerrogativas, que com certeza a OAB fará, e é muito provável que a entidade aprove um ato de desagravo a ser realizado no local da agressão”, enfatiza Aldo Medeiros.

O presidente eleito da OAB/RN ressaltou ainda que cabe a OAB/RN assistir ao advogado em medidas penais e civil que ele deseje promover.  “É muito claro o ato ilegal que foi praticado e essa violência não pode de maneira nenhuma ser alimentada ou aceita com passividade”, explica.

Aldo Medeiros destaca também que, se por acaso, houver elementos que indiquem que ainda há ameaça ao advogado por parte do prefeito interino Gean Paraibano ou de seus aliados, a OAB/RN poderá ingressar com medidas judiciais preventivas para assegurar o direito de Thiago Jofre atuar profissionalmente e atender seus clientes.

“Essa medida judicial deve ser uma iniciativa da OAB/RN e com certeza o presidente Paulo Coutinho e a Comissão de Prerrogativas, juntamente com a Procuradoria de prerrogativas, estão mais do que aparelhadas para imediatamente adotar essas medidas”, assinalou.

 



Deixe um Comentário