Cidades

Prefeitura do Natal inicia trabalho de catalogação de espécies do Horto Municipal

ALÉM DA PRODUÇÃO DE MUDAS, O HORTO MUNICIPAL TAMBÉM REALIZA UM TRABALHO DE RECUPERAÇÃO DAS GRAMAS QUE SOBRAM DOS PLANTIOS. FOTO: ASSESSORIA

O Horto Municipal está passando por um amplo processo de reestruturação. No espaço, são cultivadas as mudas de pequeno porte utilizadas pela Prefeitura no projeto Planta Natal e em ações paisagísticas de canteiros e praças. Atualmente, a gestão realiza todo o inventário das espécies existentes no local, respeitando as características de cada uma com o objetivo de facilitar a distribuição das plantas. Além disso, a Secretaria Municipal de Serviços Urbanos (Semsur) executou um trabalho de melhoria na estrutura do horto para oferecer mais conforto, segurança e melhorar a qualidade do trabalho dos funcionários.

“Estamos fazendo um trabalho de organização para otimizar a produção do nosso horto, que é muito vasta. A ideia é setorizar as mudas, separando as espécies pelo tamanho, se são frutíferas ou ornamentais, as produzidas há mais tempo das produzidas recentemente. Enfim, um trabalho de catalogação para a gente conhecer o nosso acervo e poder trabalhar melhor com ele, visto que a Prefeitura tem grandes projetos nessa área, com destaque para o Planta Natal e o Natal Mais Verde”, informa a secretária executiva do Município, Danielle Mafra, responsável pela coordenação desse serviço.

Além da produção de mudas, o Horto Municipal também realiza um trabalho de recuperação das gramas que sobram dos plantios realizados nos canteiros da cidade para posteriormente serem aproveitadas. Localizado na rua Cantagalo, no Conjunto Santa Catarina, no bairro Potengi, Zona Norte de Natal, o Horto funciona diariamente das 7h às 13h. Uma equipe de 11 funcionários é responsável pelo manuseio das plantas e preparação das mudas que ficam estocadas no espaço até serem solicitadas pelas equipes de jardinagem e paisagismo da Semsur.

ESPÉCIES

O acervo da flora do Horto Municipal é enorme. Destaque para espécies como dracena tricolor, palmeiras de diversos tipos, samambaia, ipês, bem como plantas frutíferas como tamarindo, cajueiro e mangueira. Tem até açaí no Horto Municipal: “É um espaço muito interessante, que é da cidade e precisa ser reconhecido. Estamos em um momento de valorização do meio-ambiente e o horto cumpre bem esse papel. O prefeito Álvaro Dias determinou que o trabalho no local avance e se intensifique para que a gente possa dotar a capital potiguar de mais espaços verdes”, detalha a secretária.

Com a finalização desse serviço organizacional, a Prefeitura planeja investir na criação de uma área de compostagem para produção de adubo para ser utilizado nas ações de plantio executadas pela gestão. “Temos esse projeto e iremos buscar a sua implementação. É algo que vai trazer economia de recursos públicos e que é ambientalmente sustentável”, finaliza Danielle Mafra.


Comente aqui