Educação

Prefeitura de São Gonçalo inicia atividades do programa Busca Ativa Escolar

UMA DAS ALTERNATIVAS PARA REDUZIR AS ESTATÍSTICAS DE EVASÃO ESCOLAR EM ÂMBITO MUNICIPAL ESTÁ NO USO DA FERRAMENTA BUSCA ATIVA ESCOLAR. FOTO: REPRODUÇÃO

A educação desempenha um papel importantíssimo no desenvolvimento humano, cognitivo e social dos indivíduos. Além disso, a escola funciona como um agente de interação social entre os estudantes e a comunidade. No entanto, muitos fatores podem contribuir para que esse direito seja negado ou restringido, não permitindo que os alunos deem continuidade aos estudos.

Gravidez na adolescência, trabalho infanto-juvenil e a falta de conexão entre o que o estudante deseja ser e o que está sendo ensinado, são fatores que podem determinar o futuro de muitas crianças e adolescentes. Em 2020, um novo desafio surgiu e vem se tornando determinante nesse processo de “abandono” escolar: a pandemia de Covid-19.

Nessa perspectiva, uma das alternativas para reduzir as estatísticas de evasão escolar em âmbito municipal está no uso da ferramenta Busca Ativa Escolar – programa do Governo Federal. A plataforma busca ajudar os municípios a mapear os estudantes que estão fora da escola ou que estejam em risco de evasão.

Em 2021, a Prefeitura de São Gonçalo, por meio da Secretaria Municipal de Educação (SME) fez nova adesão ao programa e as ações de estado para alertas iniciaram, desde a construção do Plano de Ação até o mapeamento das realidades de cada um dos quase 14 mil alunos matriculados na rede municipal de ensino.

A Busca ativa escolar é uma plataforma desenvolvida pelo Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF), em parceria com a União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (UNDIME), com o Colegiado Nacional de Gestores Municipais de Assistência Social (CONGEMAS).

“O Busca Ativa vai cumprir seu papel que é o de garantir a permanência do estudante tendo acesso à educação de qualidade. Estamos realizando um trabalho que vai mapear, monitorar e assessorar as 53 escolas da rede. Um compromisso com nossos quase 14 mil alunos, sem deixar nenhum deles para trás”, afirma Othon Militão, secretário municipal de Educação.

Através do Busca Ativa, será possível reunir representantes de diversas áreas, tais como educação, saúde e assistência social, além da equipe do setor de planejamento. Em São Gonçalo, a Guarda Municipal e o Conselho Tutelar também estão nessa parceria. Esses órgãos, em conjunto, devem atuar na identificação das demandas individuais de cada aluno, buscando solucionar problemas, a fim de garantir a permanência do estudante na escola.

Admskelly Oliveira, que é a responsável por coordenar o programa no município, lembra que a parceria entre os órgãos é de suma importância para o sucesso do projeto. ”O Busca Ativa é um veículo de comunicação em nível nacional e que vem se desenhando nas escolas de forma efetiva. Essa união entre os vários setores vai contribuir para que as ações sejam mais consistentes e específicas a cada necessidade”, disse.


Comente aqui