Cidades

Prefeito Paulinho pede que Estado solicite a Força Nacional para São Gonçalo; gestor disse que a cidade não aceita conviver com tanta insegurança

ÚLTIMOS EPISÓDIOS DE VIOLÊNCIA EM SÃO GONÇALO DO AMARANTE DEMONSTRAM “O PODERIO DO CRIME ORGANIZADO SOBRE A POLÍCIA DA CIDADE”, DISSE O PREFEITO. FOTO: REPRODUÇÃO

Em nota divulgada nesta sexta-feira (22), nas redes sociais da Prefeitura de São Gonçalo do Amarante/RN, o prefeito Paulo Emídio, o Paulinho, pediu, “penhoradamente”, que a governadora Fátima Bezerra solicite a Força Nacional de Segurança Pública para combater o crime organizado no município.

No comunicado, o prefeito desabafou que tem solicitado aos órgãos de competência do Estado uma atenção maior com policiamento ostensivo e investigativo na cidade. Mas, segundo ele, não tem obtido sucesso nas solicitações.

Paulinho ainda disse que os últimos episódios de violência em São Gonçalo do Amarante demonstram “o poderio do crime organizado sobre a polícia da cidade”. E enfatiza: “Não podemos continuar assim. São Gonçalo do Amarante não merece e não aceita conviver com tanta insegurança”, publicou.

Confira a nota:

NOTA URGENTE

Há algum tempo venho solicitando às forças de segurança do Estado uma maior atenção com policiamento ostensivo e investigativo para São Gonçalo do Amarante, sem sucesso.

Os últimos episódios com mortes violentas em circunstâncias que demonstram o domínio e poderio do crime organizado sobre a polícia em nossa cidade, deixaram nossa população em pânico. E não podemos continuar assim. São Gonçalo do Amarante não merece e não aceita conviver com tanta insegurança.

Peço penhoradamente à governadora Fátima Bezerra que solicite a urgente atuação da FORÇA NACIONAL DE SEGURANÇA PÚBLICA pra São Gonçalo do Amarante já que a força estadual não está conseguindo controlar a situação da violência que se torna avassaladora em nosso município e na região metropolitana de Natal.


1 Comentário

  • Vejo esse pedido formulado pelo PREFEITO de SGA/RN, como um atestado de INCOMPETÊNCIA e absoluta IRRESPONSABILIDADE. Muito fácil, cômodo e salutar se transferir RESPONSABILIDADES. Invista em SEGURANÇA PÚBLICA Prefeito! Crie uma Guarda Civil Metropolitana para ATUAR no município, como fizeram Parnamirim, Poço Branco, Alto do Rodrigues, Mossoró, Ceará Mirim, entre outros. Envide esforços junto ao Ministério Público para que EXIJAM apoio do Estado à POLÍCIA MILITAR. Aumentem o efetivo da Unidade PM sediada no município. Dê-lhes APOIO logístico que a nossa briosa PMRN resolverá a situação. Envide esforços junto ao Tribunal de Justiça para que deem celeridade aos julgamentos e redifinam os critérios que são adotados nas AUDIÊNCIAS DE CUSTÓDIA, pois existem marginais que praticamente de tres em tres meses praticam CRIMES, são autuados e soltos nessa audiência, aonde somente se aplicam os DIREITOS que lhes são favoráveis, ignorando-se os DIREITOS DA SOCIEDADE. Emvide esforços junto a essa Senadora incompetente daí de SGA que NADA faz na defesa da sociedade, para que ela apresente projetos de lei que VALORIZE os profissionais de segurança pública, de sorte a quem tenham SEGURANÇA JURÍDICA para que possam exercer as suas complexas atribuições. Convocar a FORÇA NACIONAL é muito fácil, pois assim, mantem-se BEM NA FOTO, incólume na sua ZONA DE CONFORTO e os problemas que surgirem será fácil responsabilizar o governo federal. O FILHO É SEU, toma de conta! Quem não pode com o pote não pega na rodilha.Viu?

Deixe uma resposta para José PALUXO Cancelar resposta