Política

Por indicação de Antônio Jácome, advogado Armando Holanda assume comando do Iphan/RN, órgão que preserva e fiscaliza o patrimônio cultural

nomeacao

Por indicação do deputado federal Antônio Jácome, o advogado e ex-consultor-geral do estado do Rio Grande do Norte, Armando Holanda, foi nomeado para o cargo de Superintendente do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional no Rio Grande do Norte (Iphan/RN), órgão do governo federal, ligado ao Ministério da Cultura, pasta que é comandada pelo deputado federal licenciado, Roberto Freire (PPS).

Armando Holanda, dono de um dos mais conceituados escritórios de advocacia do estado, onde atende pessoas físicas e jurídicas, dos mais variados ramos de atividade do estado, do exterior e de outros estados da federação com processos no Rio Grande do Norte, irá comandar uma instituição que tem como missão principal a preservação e fiscalização do patrimônio cultural.

ADVOGADO ARMANDO HOLANDA IRÁ COMANDAR ÓRGÃO QUE PRESERVA E FISCALIZA PATRIMÔNIO CULTURAL

ADVOGADO ARMANDO HOLANDA IRÁ COMANDAR ÓRGÃO QUE PRESERVA E FISCALIZA PATRIMÔNIO CULTURAL

Ele substitui no cargo Andreia Virgínia Freire Costa, que foi exonerada na quinta-feira, dia 05.

Embora o Ministério da Cultura no governo Temer pertença ao PPS, a nomeação de Holanda entrou na quota de indicação da bancada federal do Rio Grande do Norte e teve o apadrinhamento político de Antônio Jácome, que também detém o controle da superintendência da Funasa no RN, onde mantém alojado um outro afilhado político.

DEPUTADO FEDERAL ANTÔNIO JÁCOME, ALÉM DA FUNASA, É RESPONSÁVEL POR INDICAÇÃO DO NVO SUPERINTENDENTE DO IPHAN/RN

DEPUTADO  ANTÔNIO JÁCOME É RESPONSÁVEL POR INDICAÇÃO DO NOVO SUPERINTENDENTE DO IPHAN/RN


Deixe um Comentário