Polícia

Polícia prende adolescente acusada de participação em crime que resultou na morte de soldado catarinense em 2018

CAROLINE PLETSCH ESTAVA DE FÉRIAS EM NATAL COM O MARIDO QUE TAMBÉM É POLICIAL. FOTO: REPRODUÇÃO

A Polícia Militar apreendeu na tarde desta quinta-feira, 19, uma adolescente de 17 anos, suspeita de participar de assalto a pizzaria na Zona Norte de Natal em março de 2018. A ação, que contou com participação de outros quatro criminosos, resultou na morte da soldado catarinense , Caroline Pletsch, de 32 anos.

A apreensão da adolescente foi realizada pelos policiais da Força Tática do 4º Batalhão da Polícia Militar na Zona Norte da cidade. Na época do crime, a jovem, que não teve o nome divulgado, tinha 16 anos. Contra ela, havia um mandado de apreensão emitido e com o cumprimento, foi encaminhada para a Delegacia Especial de Atendimento ao Adolescente (DEA).

A adolescente é uma das cinco pessoas envolvidas no crime, segundo o que apontam as investigações. Antes dela já havia sido indiciado e preso no dia 28 de março deste ano o casal Raissa Torres Lima de Souza e Wewerton Lenário Gomes da Silva, pelos crimes de latrocínio consumado (roubo seguido de morte) e latrocínio tentado, além de João Victor da Silva Pereira, que foi preso no dia 11 de abril de 2018.

Outro envolvido no caso, o adolescente Mateus da Silva Régis, de 17 anos, morreu no dia 15 de agosto do ano passado ao trocar tiros com policiais militares durante o sequestro do filho do ex-prefeito de Lajes e hoje deputado federal Benes Leocádio, crime também ocorrido na Zona Norte de Natal. No confronto, o filho do parlamentar, Benes Leocádio Júnior, de 16 anos, também acabou morto.



Deixe um Comentário