Polícia

Polícias Civil e Militar prendem mulher envolvida no assassinato do Cabo da PM

GRÉCIA TEODORA,DE 21 ANOS, É ESTUDANTE DE DIREITO E ESTAVA DENTRO DO ONIBUS ONDE O CABO FOI MORTO

Policiais Civis da Delegaciade Patu/RN e Polícia Militar, prenderam neste domingo (19), Grécia Teodora Gurgel de Medeiros, de 21 anos. Estudande de Direito, Grécia é companheira de Vantuir Lima, um dos envolvidos no assassinato do Soldado da PM, Ildonio José, morto a tiros na quinta-feira (16) após ser reconhecido como policial em um assalto a um ônibus escolar em Caraúbas, região Oeste do RN.

Grécia estava no ônibus atacado pelos assaltantes, e teria avisado aos criminosos sobre a presença de um policial dentro do veículo, fato que motivou a execução do Policial Militar. Além disso, ela foi  a única a não ter os seus pertences roubados durante a ação criminosa.

As Polícias estavam em busca da suspeita desde o dia do crime, quando receberam informações anônimas de que ela estaria na casa de uma avó, os policiais se deslocaram até o local e efetuaram a prisão. Contra Grécia, já existia um mandado de prisão preventiva, expedido pela justiça da comarca de Plantão. Em um determinado depoimento, um adolescente apreendido apontou a relação dela com o grupo. Testemunhas também teriam afirmado à policia que ela era namorada de um dos presos.

Com a prisão da mulher, chega a seis o número de pessoas detidas pela polícia, sob suspeita de participação no crime. Outros cinco suspeitos ainda são procurados.



Deixe um Comentário