Polícia

Polícia Civil deflagra operação e prende duas pessoas no Seridó com drogas e armas

NA AÇÃO, FORAM CUMPRIDOS TRÊS MANDADOS DE BUSCA E APREENSÃO EM RESIDÊNCIAS. FOTO: CEDIDA

Equipes de policiais civis da 3ª Delegacia Regional de Polícia (DRP) de Caicó, da Delegacia Municipal de Caicó e da Delegacia Especializada de Atendimento ao Adolescente Infrator (DEA) de Caicó, deflagraram, neste sábado (17), uma operação que resultou na prisão de duas pessoas e na apreensão de arma e drogas, no município de Caicó. A ação objetivou a prisão de suspeitos de participação no homicídio de Paulo José dos Santos, conhecido como “Paulo Golinha”, ocorrido no dia 18 de julho de 2019, na cidade de Caicó.

Na ação, foram cumpridos três mandados de busca e apreensão em residências localizadas nos bairros Alto da Boa Vista e Sananaú. No imóvel situado no bairro Alto da Boa Vista, os policiais prenderam Marcio Kennedy Souza Gomes, conhecido como “CAÇAPA “. Na residência do suspeito, foram apreendidas porções de cocaína e maconha, balança de precisão e uma arma de fogo calibre 38, com várias munições.

Marcio Kennedy, que estava foragido desde a “Operação Progresso”, realizada na cidade no mês de julho, foi autuado em flagrante por tráfico de drogas e posse irregular de arma de fogo. Guilherme Bergson Medeiros, proprietário do imóvel onde Márcio estava, também foi preso momentos depois no bairro Barra Nova, por uma equipe de policiais militares.

Em desfavor de Guilherme Bergson Medeiros existia em aberto um mandado de prisão preventiva expedido pela 3ª Vara da Comarca de Caicó. Ele é suspeito de participar do homicídio praticado contra Paulo José. De acordo com as investigações, Guilherme teria emprestado a arma de fogo usada no crime e planejado o fato. Ele também foi autuado em flagrante pelos de crimes de tráfico de drogas e posse irregular de arma de fogo.

Na última segunda feira (12), Italo De Sousa Batista foi preso em razão de mandado de prisão preventiva. Ele é suspeito de ser o executor do crime, em coautoria com um adolescente, que foi apreendido na sexta-feira (16). A polícia acredita que a arma de fogo encontrada neste sábado (17) possivelmente é a mesma utilizada para executar Paulo José, o que poderá ser constatado após laudo pericial elaborado pelo Instituto Técnico-Científico de Perícia (ITEP).

A Polícia Civil pede que a população continue enviando informações de forma anônima através do Disque Denúncia 181 ou por meio do whatsapp 84 9 8602 0324.


Deixe um Comentário