Polícia

PF faz operação em empresa de terceirização em Natal

POLÍCIA FEDERAL INVESTIGA ESCRITÓRIO DA EMPRESA (FOTO: ÍTALO DI LUCENA/INTER TV CABUGI)

POLÍCIA FEDERAL INVESTIGA ESCRITÓRIO DA EMPRESA (FOTO: ÍTALO DI LUCENA/INTER TV CABUGI)

A Polícia Federal do Rio Grande do Norte deflagrou na manhã desta quarta-feira (14) operação que apura irregularidades contratuais na empresa de terceirização JMT. Segundo o advogado da empresa Hugo Holanda, a denúncia partiu de um servidor do estado. “A PF está verificando denúncia de irregularidades contratuais que partiram de um servidor estadual”, afirmou o advogado.

A JMT é uma empresa de terceirização e oferece mão-de-obra a diversos entes públicos da administração. De acordo com o próprio site da empresa, os serviços são prestados para a UFRN, Assembleia Legislativa, Governo do Estado, Caern, Ipem, Igarn, Arsbam, IFRN, Ceasa, Samu, Tribunal de Contas da União, Caixa, Ceasa e prefeituras do interior.

Hugo Holanda ressaltou que a empresa está cooperando e fornecendo todo o material solicitado.

G1 RN


Deixe um Comentário