Mundo

Pastor é afastado após pedir que mulheres percam peso e se submetam a desejos sexuais dos maridos

FOTO: DIVULGAÇÃO

Um pastor do Missouri (EUA) foi afastado pela direção da igreja depois de fazer um sermão dizendo às mulheres da congregação para perderem peso e se submeterem aos desejos sexuais de seus maridos a fim de evitar que eles “se desviem”.

O pastor Stewart-Allen Clark foi posto sob licença na terça-feira (2/3) pela igreja First General Baptist, em Malden, após críticas generalizadas ao seu sermão sexista, dado no fim de fevereiro. Além da perda de peso e do sexo, Clark disse às esposas para usar maquiagem, vestir-se bem, escolher estilos de cabelo adequados e parecer “menos masculinas”, contou o site “KansasCity.com”.

Embora a igreja, no sudeste do Missouri, tenha excluído os vídeos do seu site, uma gravação do sermão apareceu no Facebook.

“Agora, olhe, não estou dizendo que toda mulher pode ser a épica esposa-troféu de todos os tempos como Melania Trump. Eu não estou dizendo isso de forma alguma. A maioria das mulheres não pode ser esposas-troféu, mas você sabe … Talvez você seja um troféu de participação”, disse Clark quando uma foto da ex-primeira-dama apareceu na tela. “Não sei, mas tudo que posso dizer é que nem todo mundo é assim. Amém! Nem todo mundo é assim. Mas você também não precisa parecer uma lésbica”, acrescentou.

A igreja faz parte da Igreja Batista Geral, que divulgou uma declaração na segunda-feira (1/3) dizendo que o sermão de Clark “não era consistente com as posições e valores” da organização.

“Os batistas gerais acreditam que toda mulher foi criada à imagem de Deus e que devem ser valorizadas por esse motivo”, postou o Ministério Batista Geral no Facebook.

Extra


Comente aqui