Política

Partido Progressista (PP) decide continuar apoiando o governo Dilma

O PRESIDENTE NACIONAL DO PP , CIRO NOGUEIRA DESAUTORIZOU A NEGOCIAÇÃO DE CARGOS. (FOTO: O GLOBO)

O PRESIDENTE NACIONAL DO PP , CIRO NOGUEIRA DESAUTORIZA NEGOCIAÇÃO DE CARGOS. (FOTO: O GLOBO)

O presidente nacional do Partido Progressista (PP), Ciro Nogueira (PI), informou que a legenda continuará apoiando o governo Dilma Rousseff. Nogueira negou negociações de cargos no balcão do impeachment.

O PP é um dos partidos mais atingidos pelas investigações da Operação Lava Jato. O próprio Ciro Nogueira foi citado em denúncias de corrupção envolvendo o escândalo na Petrobras. Já no dia seguinte ao rompimento do PMDB, Dilma ofereceu a Nogueira a indicação do titular do Ministério da Saúde, cargo que vem sendo ocupado por um adversário dele no Piauí, o deputado Marcelo castro (PMDB).

Além de ministérios, Dilma dispobnibilizou a Ciro Nogueira, com quem esteve pessoalmente, cargo ambionados por políticos nordestinos como a direção-geral do DNOCS, o Departamento Nacional de Obras Contas as Secas, que vinha sendo controlado pelo ex-ministro do Turismo Henrique Edardo Alves.

Fonte: Diário do Poder


Deixe um Comentário