Educação

Parceria entre IFRN e Secretaria Municipal de Educação promove ensino de robótica para estudantes da rede municipal

A AÇÃO APRESENTA AOS ESTUDANTES DIVERSAS FERRAMENTAS DE PLANEJAMENTO E EXECUÇÃO DE PROGRAMAÇÃO ATRAVÉS DA PRODUÇÃO DE PROJETOS, ALÉM DE ESTIMULAR MELHORIAS NO DESEMPENHO ESCOLAR, TENDO EM VISTA A APLICAÇÃO PRÁTICA DOS CONCEITOS VISTOS EM DIVERSAS DISCIPLINAS. FOTO: DIVULGAÇÃO

Um projeto de extensão do IFRN – Campus São Gonçalo do Amarante vai levar o ensino de robótica para estudantes da rede municipal de ensino. O Robotizando no IF, realizado em parceria com a Secretaria Municipal de Educação (SME) selecionou 40 alunos para participarem do curso que ensinará noções de robótica, possibilitando o desenvolvimento de habilidades em montagem e programação de robôs.

Segundo o professor Fábio Franco, coordenador da ação no IFRN, o ensino da robótica oportuniza não só a programação de robôs em si, mas estimula diversas outras áreas que certamente irão contribuir no desenvolvimento dos estudantes. “Em pouco tempo, é nítida a melhora no desempenho em todas as matérias e um interesse maior pelas áreas ligadas à tecnologia. Além disso, há um estímulo de competências fundamentais para o mercado de trabalho, como espírito investigativo, trabalho em equipe, planejamento, cooperação, diálogo, pesquisa e tomada de decisões”, destacou.

O desenvolvimento das atividades do projeto será no formato remoto, ou seja, por meio de encontros não presenciais. Dessa forma, a SME realizou um levantamento para conhecer a realidade de cada estudante a fim de fornecer o suporte necessário durante o aprendizado. “Aos estudantes que não tiverem acesso às ferramentas tecnológicas, iremos proporcionar o acesso desse aluno ao ambiente escolar e ele será acompanhado pela equipe gestora – tudo será realizado conforme as orientações do protocolo de retorno às aulas presenciais, que cada escola fez o seu a partir de sua realidade”, afirmou Othon Militão, secretário de Educação do município.

Ao final da ação, é esperado que os alunos sejam capazes de planejar e executar programação com as ferramentas básicas, produzindo os seus próprios projetos, além de uma melhoria no desempenho escolar, tendo em vista a aplicação prática dos conceitos vistos nas disciplinas. A parceria reafirma, ainda, o acordo de cooperação assinado entre IFRN e o município, no dia 23 de fevereiro.


Comente aqui