Últimas do FM

Cidades

Ideia de construir presídio em Assú (RN) revolta população e classe política local

A notícia sobre a possível construção do presídio na cidade do Assú (RN), veiculada nos meios de comunicação do Rio Grande do Norte, provocou revolta e indignação junto aos habitantes daquele município, e ganhou destaque nas redes sociais. O presídio terá capacidade para 600 detentos.

No entanto, a população e a classe política local  reagiram contra  a ideia e iniciaam nas redes sócias a campanha “Digo NÃO ao presídio em Assú”, que rapidamente teve repercussão na internet.

Segundo o Blog Assú Notícias, o deputado estadual George e o prefeito Gustavo Soares já se pronunciaram sobre o assunto e ambos disseram não aceitar a construção do presídio na cidade.

“Externo o meu repúdio a essa indicação do município para receber a unidade. A população de Assu foi pega de surpresa com o anúncio da construção de um novo presídio na cidade. É um presente de grego”, disse George Soares.

O deputado questionou a análise da Comissão do Plano Diretor do Sistema Penitenciário Estadual que apontou o município de Assu como o mais apropriado para sediar o presídio. “As terras de Assu não servem para a construção de penitenciárias, elas são boas para a agricultura. Trata-se de um equívoco do governo o anúncio dessa obra”, falou ele.

De acordo com o deputado, o município já foi penalizado com a construção do presidio federal em Mossoró, que para ele contribui para o aumento dos índices de criminalidade em Assu por serem cidades vizinhas. Contrário ao anúncio do governo, George fez apelos por outros investimentos no município.

“Somos contra a construção desse presídio em Assu. Queremos receber outros benefícios. Aqueles que foram prometidos durante as eleições estaduais, tais como o ITEP, o pleno funcionamento da delegacia regional, reestruturação do hospital, reforma de escolas como a José Correia, o canal do Piató, apoio ao São João e à Casa da Cultura”, cobrou o parlamentar.

Durante o pronunciamento, George Soares questionou ainda a nomeação do ex-prefeito de Assu, Ivan Júnior, para dirigir a Secretaria Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semarh). “Trata-se de um acordo político antigo para a construção do presídio em Assu”, concluiu.

Deixe uma resposta para Miriam Costa de Albuquerque Neri Cancelar resposta


Polícia

PRF iniciou Operação Carnaval na madrugada desta sexta-feira nas principais rodovias federais do Estado.

PRF REALIZARÁ AÇÕES VOLTADAS PARA INIBIR O EXCESSO DE VELOCIDADE E O USO DE BEBIDA ALCOÓLICA 

A Polícia Rodoviária Federal iniciará a zero hora de sexta-feira (24), em todo o Brasil, a Operação Carnaval 2017. Até a meia-noite de quarta-feira de cinzas (01/03), policiais rodoviários federais farão o policiamento e a fiscalização das rodovias federais de maior fluxo de veículos. Serão realizadas ações voltadas para inibir o excesso de velocidade, o uso de bebida alcoólica para depois dirigir, bem como as ultrapassagens proibidas.

O Carnaval é um dos períodos mais crítico do calendário nacional de operações da PRF, pois conta com grande fluxo de veículos e o uso abusivo de álcool é uma das principais preocupações da instituição.

No Rio Grande do Norte, a fiscalização será priorizada nas rodovias de fluxo mais intenso, tais como: BR 101 Norte, BR 226 (liga Natal à região Seridó), BR 304 (liga Natal ao Estado do Ceará, passando por Mossoró), BR 405 entre Mossoró e Apodi, BR 406 (liga Natal a Macau) e BR 427 (liga Currais Novos a Serra Negra do Norte, passando por Caicó). Todas são rodovias federais de pista simples e com grande movimentação de veículos durante o carnaval.

O principal objetivo da operação é a prevenção e a redução dos acidentes de trânsito, bem como garantir a fluidez do tráfego e aumentar a percepção de segurança nas estradas.
A fiscalização será voltada para coibir os comportamentos de risco durante a viagem como: ultrapassagens proibidas, excesso de velocidade, direção de veículo sob efeito de álcool e a falta de uso do cinto de segurança. A PRF também estará atenta aos veículos de duas rodas e alerta aos motociclistas para que sempre utilizem o capacete.

Cinema Rodoviário
Além do patrulhamento ostensivo, a PRF também promoverá ações educativas nas rodovias federais, buscando sensibilizar motoristas e passageiros sobre a importância de cada um na construção de um trânsito mais seguro. Em algum ponto da rodovia, condutores e passageiros serão convidados para assistir a vídeos que mostram comportamentos inadequados no trânsito, que normalmente resultam em acidentes e mortes.

Restrição para veículos de carga
Para aumentar a fluidez e a segurança do trânsito nas rodovias de pista simples, o tráfego de caminhões bitrem, veículos com dimensões excedentes e caminhões cegonha será restrito em alguns momentos. Nos dias e horários de maior movimento, esses veículos não poderão transitar. O motorista que descumprir a determinação será multado. A infração gera multa de R$ 130,16 e quatro pontos na CNH. Abaixo tabela de restrição:

DIAS DA RESTRIÇÃO      HORÁRIO
24/02 – sexta-feira          16 h às 24 h
25/02 – sábado                 6 h às 12 h
28/02 – terça-feira             6 h às 24 h
01/03 – quarta-feira          6 h às 12 h

Dicas para uma viagem segura no Carnaval
• Antes de pegar a estrada faça uma revisão atenta no veículo. Verifique principalmente pneus (inclusive o estepe), limpadores de para-brisa, retrovisores e itens de iluminação e sinalização;
• Verifique a documentação do veículo e a do condutor;
• Planeje a viagem, lembre-se de programar o horário do início da viagem. A melhor hora de viajar é ao amanhecer;
• Evite viajar durante a noite;
• Redobre a atenção na rodovia;
• Respeite a sinalização e os limites de velocidade;
• Não ultrapasse nos aclives sem visibilidade, nas curvas e pontes;
• Não dirija falando ao celular;
• Use o cinto de segurança;
• Se vai dirigir não faça uso de bebida alcoólica.

*Fonte: Comunicação Social PRF/RN

Deixe uma resposta para Miriam Costa de Albuquerque Neri Cancelar resposta


Segurança

Plano de Operações do Carnaval 2017 começa amanhã no RN

A DIRETORIA DE POLÍCIA CIVIL DA GRANDE NATAL (DPGRAN) MONTOU UM ESQUEMA, NO QUAL OS POLICIAIS CIVIS TRABALHARÃO EM DELEGACIAS DE NATAL, DO LITORAL SUL E LITORAL NORTE/ FOTO SESED

A Secretaria do Estado da Segurança Pública e da Defesa Social (Sesed) iniciará, nesta sexta-feira (24) até a próxima quarta-feira (1º), a Operação Carnaval 2017. Estarão nas ruas do estado do Rio Grande do Norte um efetivo de 2.761 agentes de segurança. Serão 1.370 policiais militares do Comando de Policiamento do Interior (CPI), 577 do Comando do Policiamento Metropolitano (CPM), 200 do Comando do Policiamento Rodoviário Estadual (CPRE), 114 do Corpo de Bombeiros e 500 policiais civis.

“Usaremos a escala ordinária ao máximo, mas contaremos com a entrada do serviço extraordinário também. É importante ressaltar que as equipes da Força Nacional continuarão atuando dentro do planejamento previsto anteriormente junto ao Ministério da Justiça”, explicou o secretário de Segurança Pública e Defesa Social, Caio Bezerra. A Polícia Militar investirá R$ 680 mil em diárias operacionais, a Polícia Civil R$ 79.950 e o Corpo de Bombeiros R$ 23.200.

POLÍCIA MILITAR  

Embarcarão nesta sexta-feira (24), às 8h, no quartel da Polícia Militar o efetivo que viajará ao interior do estado. De acordo com o comandante do Comando do Policiamento do Interior (CPI), Coronel Eliause Moreira, o trabalho ostensivo será realizado em todo estado, mas as principais áreas são: Caicó, Areia Branca, Tibau, Macau, Assú, Touros, Barra de Maxaranguape, São Miguel do Gostoso, Pipa, Barra de Cunhaú e Baía Formosa.

Já o trabalho do Comando de Policiamento Metropolitano (CPM) estará com foco principal no litoral sul (até Barreta) e Norte (até Muriú), e nos polos do Carnaval de Natal (Petrópolis, Ribeira, Rocas, Centro Histórico, Ponta Negra e Redinha). “Vamos trabalhar para garantir que a população possa aproveitar o período na maior tranquilidade possível”, afirmou o coronel Osmar, comandante do CPM.

POLÍCIA CIVIL

A Polícia Civil disponibilizará 500 policiais civis realizando um policiamento ostensivo/repressivo e exercendo as funções de polícia judiciária, visando reprimir crimes como o porte ilegal de armas; o furto e roubo aos foliões, veranistas, turistas, moradores e comerciantes; o furto e o roubo de veículos; o tráfico de entorpecentes; a exploração sexual infanto-juvenil, como também, outras modalidades de delito.

A Diretoria de Polícia Civil da Grande Natal (DPGRAN) montou um esquema, no qual os policiais civis trabalharão em delegacias de Natal, do litoral sul e litoral norte. Funcionarão em esquema especial as delegacias instaladas nas praias de Pirangi e Barra de Maxaranguape; a 1ª Delegacia de Plantão da Zona Sul; a 2ª Delegacia de Plantão da Zona Norte e a Delegacia Especializada Assistência ao Turista (DEATUR).

No interior do Estado estarão funcionando dez Delegacias Regionais da Polícia Civil (DRPC) que ficam localizadas nas cidades de São Paulo do Potengi, Mossoró, Caicó, Pau dos Ferros, Macau, Nova Cruz, Patu, Alexandria, Santa Cruz e João Câmara. Além do reforço nas delegacias regionais, as delegacias municipais de Apodi, Tibau do Sul e Canguaretama tiveram aumento no seu efetivo.

As delegacias que fazem parte da Operação Carnaval atenderão os cidadãos das 18 horas de sexta-feira até às 08 horas da quarta-feira (01) para registro de ocorrências. A delegacia móvel da Polícia Civil ficará na cidade de Caicó.

CORPO DE BOMBEIROS

O Corpo de Bombeiros Militar do RN (CBMRN) atuará com 114 militares espalhados pelas áreas de maior movimento no Rio Grande do Norte. Em Natal, o CBMRN estará nas quatro regiões da cidade, além de equipes de salva-vidas que ficarão nas praias de Ponte Negra, Búzios, Redinha, Praia do Forte, Praia dos Artistas, Praia do Meio e Areia Preta.

Mossoró, Pau dos Ferros e Caicó, cidades que todos os anos atraem um grande fluxo de pessoas durante esse período, também receberão efetivos dos Bombeiros. As praias do Ceará e Manuela, em Tibau, região Oeste do RN, ainda contarão com equipes de salva-vidas.

“Atuaremos nas praias como o trabalho dos salva-vidas e na fiscalização dos locais de evento”, reforçou o comandante do Corpo de Bombeiros, Coronel Sócrates Vieira. O CBMRN ainda fará distribuição de pulseiras para crianças nas praias, distribuição de folders educativos e a sinalização da orla com placas e bandeiras.

ITEP

O Instituto Técnico-Científico de Perícia (ITEP) irá reforças suas equipes em Caicó e Mossoró durante o período do Carnaval. Na cidade seridoense, a regional do instituto com duas equipes de perícia criminal, composta por motorista e auxiliar de perícia. Na medicina legal, haverá o incremento de uma equipe de remoção de corpo, totalizando duas equipes formadas por motorista e necrotomista.

As necropsias dos corpos da região do Seridó serão realizadas na sede do ITEP em Mossoró, que contará com dois médicos por dia durante o período, com exceção do domingo.

Em Natal, as equipes de perícia e medicina legal permanecem com a escala normal.

 

Fonte: Governo do RN

Deixe uma resposta para Miriam Costa de Albuquerque Neri Cancelar resposta

Natal

TV Câmara exibe programa especial do Carnaval em Natal

FOTO REPRODUÇÃO

A TV Câmara de Natal começa a exibir a partir de desta quinta-feira (23) o programa “Carnaval 2017”. A produção, com 30 minutos que contam a história do carnaval de Natal destacando personagens, blocos e escolas de samba tradicionais, vai ao ar a partir das 20h no canal (10 Cabo) ou 51.4 na TV aberta Digital.

De acordo com a diretora da TV Câmara Natal, Virgínia Coelli, o programa será exibido na grade da emissora ao longo do período deste carnaval em reprises. “É um programa especial que preparamos para mostrar tudo sobre o carnaval. Tem a programação deste ano, a história de personagens que fazem parte da festa do Momo na cidade, como o figurinista e aderecista Di Carlo, um dos mais conhecidos no carnaval em Natal”, diz Virgínia.O programa traz ainda reportagens sobre a história de blocos, como os “Poetas, Carecas, Bruxas e Lobisomens” e “Os cão”, além das escolas de samba.

O programa é a presentado pela jornalista Ariane Viana e também estará disponível no canal do youtube TVCamaraNatal e no Facebook da emissora. Confira a chamada do especial:https://www.youtube.com/watch?v=VGgY5zj61A8

Fonte: assessoria

Deixe uma resposta para Miriam Costa de Albuquerque Neri Cancelar resposta

Natal

Galeria Sesc inicia calendário de exposições 2017

CARTAZ DIVULGAÇÃO

A Galeria Sesc abrirá seu calendário de exposições 2017 no dia 8 de março. O projeto do Serviço Social do Comércio do Rio Grande do Norte (Sesc RN), instituição do Sistema Fecomércio, iniciará com a exposição “Pelo Pescoço”, do artista Daniel Torres. A vernissage será às 19h30 no espaço, que fica no Sesc Cidade Alta, em Natal. Já a mostra fica em cartaz até dia 19 de abril, das 9h às 19h. A entrada é gratuita.

A escolha da data de abertura da exposição não foi à toa: no 8 de março, Dia Internacional da Mulher, “Pelo Pescoço” pretende jogar luz sobre a violência contra as mulheres. Os 16 desenhos que compõem a mostra foram inspirados numa matéria televisiva sobre o caso de duas mulheres mortas no estado, ambas pelo pescoço. Desta inquietação artística diante de fatalidades que envolvem o feminino, chegou-se ao pescoço como mote e ponto de partida. A imagem da girafa na obra de Daniel Torres consiste eu uma metáfora para falar de machismo e feminicídio não só no grafismo, mas também nos pontos e linhas.

“O pescoço é um dos pontos fracos dos vertebrados, uma vez que, seccionando-o, o animal perde a vida, não só pela perda de grande quantidade de sangue, como principalmente por deixar de haver comunicação entre o cérebro e o coração (razão e emoção)”, explica o artista sobre a escolha do membro em seu trabalho. As cenas ilustradas nas obras tentam, portanto, despertar a consciência e provocar a reflexão do público quanto à violência contra a mulher. Os desenhos de “Pelo Pescoço” servirão também para um espetáculo de dança, cuja estreia está prevista para maio de 2017.

SOBRE A GALERIA SESC

Em sua terceira edição, o projeto Galeria Sesc selecionou seis trabalhos de artistas potiguares para exposições no Sesc Cidade Alta, unidade localizada em Natal. Foram escolhidos para expor este ano entre março e dezembro: “Pelo Pescoço” de Daniel Torres “Olhar mais atento, do coletivo Urban Sketchers Natal; “Refugo”, de Elisa Elsie; “Caixa de lápis”, de Assis Costa; “Arremedos”, de Natã Ferreira; e “Duna: a busca de um si a que pertencer”, de Mariana do Vale. Cada selecionado receberá um prêmio no valor de R$ 2.300 brutos.

Além do cachê, o Sesc disponibiliza recursos técnicos e financeiros para a produção das exposições, assessoria em arte-educação e mediação cultural, totalizando R$ 48 mil investidos.

A Galeria Sesc é o único espaço cultural de Natal que conta com mediadores em arte visuais durante o período das exposições. Durante todo o ano, a Galeria conta com quatro mediadores, que desenvolvem o papel de elo entre o público visitante e as obras de artes. Além de fomentar o talento dos artistas locais, a iniciativa também democratiza o acesso a exposições artísticas e suscita no público o interesse pelas artes.

 

Fonte: assessoria

Deixe uma resposta para Miriam Costa de Albuquerque Neri Cancelar resposta

Geral

Papa sugere que ‘é melhor ser ateu do que católico hipócrita’

 

PAPA FRANCISCO FALA DURANTE AUDIÊNCIA PÚBLICA NA PRAÇA SÃO PEDRO, NO VATICANO, NA QUARTA-FEIRA (22) / FOTO ALBERTO PIZZOLI

O papa Francisco criticou novamente alguns membros da sua própria Igreja nesta quinta-feira, sugerindo que é melhor ser ateu do que um dos “muitos” católicos que levam o que disse ser uma vida dupla e hipócrita.

Em comentários improvisados em sermão de missa privada matinal em sua residência, ele disse: “é um escândalo dizer uma coisa e fazer outra. Isto é uma vida dupla”.

“Existem aqueles que dizem ‘sou muito católico, sempre vou à missa, pertenço a isto e a esta associação”, disse o chefe da Igreja Católica Romana, que tem cerca de 1,2 bilhão de membros, de acordo com transcrição da Rádio Vaticano.

Ele disse que algumas destas pessoas também devem dizer “minha vida não é cristã, eu não pago aos meus funcionários salários apropriados, eu exploro pessoas, eu faço negócios sujos, eu lavo dinheiro, (eu levo) uma vida dupla”.

“Há muitos católicos que são assim e eles causam escândalos”, disse. “Quantas vezes todos ouvimos pessoas dizerem ‘se esta pessoa é católica, é melhor ser ateu'”.

Desde sua eleição em 2013, Francisco disse frequentemente a católicos, tanto padres quanto membros não ordenados, para praticaram o que a religião prega.

Em seus frequentes sermões improvisados, ele já condenou abuso sexual de crianças por padres como sendo equivalente a uma “missa satânica”, disse que católicos na máfia se excomungam, e disse a seus próprios cardeais para não agirem como se fossem “príncipes”.

Em menos de dois meses após sua eleição, ele disse que os cristãos devem ver ateus como pessoas boas caso eles sejam boas pessoas.

 
Fonte: Extra

 

Deixe uma resposta para Miriam Costa de Albuquerque Neri Cancelar resposta

Política

Dono de jato que matou Eduardo Campos é alvo da Blackout

DURANTE A 38ª FASE DA OPERAÇÃO LAVA JATO. FORAM EXPEDIDOS 15 MANDADOS DE BUSCA E APREENSÃO E DOIS DE PRISÃO PREVENTIVA A OPERAÇÃO FOI BATIZADA DE BLACKOUT/ FOTO JOSE LUCENA

O empresário pernambucano Apolo Vieira Santana também é alvo da 38ª fase da Operação Lava Jato, a Blackout, deflagrada nesta quinta-feira, além dos operadores do PMDB Jorge Luz e Bruno Luz (pai e filho). Santana é apontado como um dos proprietários do avião que caiu com o presidenciável Eduardo Campos (PSB) em Santos, no litoral de São Paulo, em agosto de 2014.

O juiz Sergio Moro chegou a decretar a sua prisão preventiva em 15 de fevereiro, mas a revogou seis dias depois após receber a informação de que ele havia assinado um acordo de delação premiada com a procuradoria de Pernambuco. Lá, Santana é investigado na Operação Turbulência por fazer parte de um esquema especializado em lavagem de dinheiro que teria intermediado propina em obras da transposição do Rio São Francisco e da Petrobras. Ele chegou a ser preso em junho de 2016, mas depois foi solto em setembro por determinação do ministro do STF Marco Aurélio Mello.

No caso da Blackout, Santana é suspeito de ter recebido 510.000 dólares em uma conta no exterior, a Zago Inc, referente a um contrato de construção do navio-sonda Petrobras 10.000. Este mesmo navio também rendeu propina a senadores do PMDB por intermediação de Jorge Luz, segundo depoimento do ex-diretor de Internacional da Petrobras Nestor Cerveró.

“Nesse sentido, Apolo Santana se apresenta como profissional voltado para a lavagem de ativos e vale-se constantemente de contas no exterior para circular valores ilícitos, o que justifica o recebimento de valores de propina oriundos do navio-sonda Vitória”, escreveu a força-tarefa da Lava Jato, em Curitiba. Apesar de ter revogado a prisão, Moro pediu o bloqueio de 50.000 reais das suas contas, assim como das de Jorge e Bruno Luz.

 

Fonte: Veja

Deixe uma resposta para Miriam Costa de Albuquerque Neri Cancelar resposta

Geral

Filha de Datena será capa da Playboy em março

ESSA NÃO É A PRIMEIRA VEZ QUE LETICIA FOI CONVIDADA PARA ESTAMPAR A PRINCIPAL REVISTA MASCULINA DO PAÍS/ FOTO UOL

A apresentadora esportiva Leticia Wiermann, filha do apresentador José Luis Datena, será capa da revista Playboy em março. A informação foi confirmada pela própria jornalista ao UOL Esporte.

”Sempre gostei desse tipo de foto, nu bem feito. Morei muito tempo na Europa, lá os editoriais de moda tem outra visão do nu. Sempre tive uma admiração para esse tipo de trabalho. Resolvi fazer agora por essa nova fase da Playboy. A Playboy mudou estilo, linha editorial. Uma das pessoas que estão à frente, eu confio no trabalho. Já conhecia, tinha feito outros projetos com ele. Me deu segurança maior”, falou.

”Esse último surgiu há um mês. Eu, em plenas férias, fiquei conversando, conseguiu chegar em termos bacanas e tive a segurança pela primeira vez de fechar”, completou.

Essa não é a primeira vez que Leticia foi convidada para estampar a principal revista masculina do país. Quando era mais nova, ela recebeu um convite para ser capa, mas havia rejeitado.

Em 2014, Leticia chegou a aparecer nas páginas da revista na sessão Mulheres que Amamos.

”Meu primeiro convite veio um dia depois de ter feito 18 anos. Na época não considerei, era muito jovem. Achei que era uma exposição desnecessária naquela época”, disse.

”A gente participou de tudo, deu opinião, estabeleceu limites. Mais importante foi ver que eles queriam a mesma coisa que a gente. Me deixou muito tranquila e empolgada. Acho que vai ficar maravilhoso, terá muita surpresa boa por aí e vai ser muito exclusivo, inédito”, finalizou

André Sanseverino, responsável pela revista, falou sobre ter um “sonho realizado” com a presença de Leticia na publicação.

Letícia foi apresentadora do Fox Sports até os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro. Depois disso, ela deixou a emissora para realizar sonhos na América Latina.

 

Fonte: Uol

Deixe uma resposta para Miriam Costa de Albuquerque Neri Cancelar resposta

Geral

Disque-justiça vai ser ofertado para atendimento da polulação no RN

A CENTRAL SERÁ IMPLANTADA NO PRAZO DE 30 DIAS A CONTAR DA PUBLICAÇÃO DA RESOLUÇÃO/ FOT RERPRODUÇÃO WEB

Melhorar o atendimento prestado pela Justiça ao cidadão norte-rio-grandense é um dos compromissos da atual gestão do Tribunal de Justiça. Para isso, o TJRN aprovou a criação da Central de Atendimento ao Jurisdicionado, com o serviço DISQUE-JUSTIÇA.

O sistema foi concebido para aperfeiçoar e tornar mais ágil o atendimento a quem precisa dos serviços da Justiça potiguar. A Resolução 09/2017 foi aprovada pelos desembargadores da Corte Estadual de Justiça, na sessão dessa quarta-feira (22) e publicada no DJe, na mesma data.

Durante a sessão, o desembargador presidente do TJRN, Expedito Ferreira, destacou que a Central irá diminuir filas para atendimentos em unidades judiciárias, com a oferta de um serviço que pode ser prestado sem a necessidade de deslocamento do cidadão a uma unidade da Justiça. A Central será implantada no prazo de 30 dias a contar da publicação da Resolução.

O Serviço será vinculado administrativa e tecnicamente à direção do Foro da Comarca de Natal. A Central irá prestar atendimento a respeito de informações que são públicas: a) fornecer esclarecimentos sobre o plantão judiciário; b) fornecer os endereços das unidades jurisdicionais do Poder Judiciário do Estado do Rio Grande do Norte, bem como o horário de funcionamento e c) prestar informações do andamento dos processos jurisdicionais.

Os informes da Central de Atendimento ocorrerão por meio telefônico ou por sistema de envio por e-mail (push), todos externos às Secretarias Judiciais. O Serviço de Atendimento ao Jurisdicionado não poderá fornecer informações referentes a dados protegidos, tais como sigilo fiscal, bancário, telefônico, de dados, de operações, de correspondência, fichas financeiras, laudos médicos e prontuários, dentre outros.

A gerência das atividades da Central de Atendimento ao Jurisdicionado do Poder Judiciário do Estado do Rio Grande do Norte será exercida por servidor indicado pelo Presidente do Tribunal de Justiça do Estado do Rio Grande do Norte. O atendimento da Central será por meio de contato telefônico, com funcionamento nos dias úteis, das 08h às 18h.

 

Fonte: TJ RN

Deixe uma resposta para Miriam Costa de Albuquerque Neri Cancelar resposta

Natal

Em Natal, Itep tem ossadas e corpos acumulados sem identificação

CORPOS FICAM NO PÁTIO DO ITEP EM NATAL/ FOTO REPRODUÇÃO

Pelo menos 15 corpos ou ossadas de pessoas não identificadas estão acumuladas no Instituto Técnico-Científico de Perícia (Itep) de Natal. Superlotado, o Itep reúne corpos fora das câmeras frigoríficas, ensacados no chão do pátio, expostos ao sol. De acordo com o diretor do Itep, Marcos Brandão, a situação acontece pela espera por vagas nos cemitérios públicos da cidade. “Esses corpos estão sobrecarregando o sistema”, afirmou Marcos.

Dentre os corpos estão os quatro mortos não identificados do massacre de Alcaçuz, vítimas da rebelião que aconteceu em janeiro na maior penitenciária do estado. Na ocasião, pelo menos 26 detentos foram mortos em uma briga envolvendo facções criminosas rivais que dispustam o poder do tráfico de drogas no estado.

O Itep cobra vagas nos cemitérios para enterrar os indigentes, mas a situação está sem solução há mais de um ano.“Não tem vaga para enterrar esses corpos. Entramos em contato com a prefeitura, mas nossas reuniões são canceladas”, explicou Brandão. “Todos os dias chegam novos corpos, mas nenhum indigente saiu. Isso contribui para o mau cheiro, pois alguns corpos já chegam em estado de decomposição, mas não temos câmaras para guardá-los”, acrescentou.

Ainda de acordo com o diretor do Itep, o instituto tem a obrigação de ficar com os cadáveres não reclamados por no mínimo 45 dias, mas a falta de vagas nos cemitérios impede que os corpos sejam removidos.

Brandão afirmou que, em casos como as vítimas da matança em Ceará-Mirim — na qual 14 pessoas foram assassinadas em 2 dias — procedimentos emergenciais são tomados. “Colocamos os corpos no pátio, em urnas, dentro de sacos e com gelo, para amenizar o processo de decomposição”, disse.

Nesta quarta-feira (22), parentes aguardavam a liberação dos mortos nas calçadas e embaixo de árvores porque não havia espaço na sala de espera. Muitos reclamaram do mau cheiro. “Tem muita gente aqui esperando seus entes queridos, todos podres lá dentro”, revoltou-se a empregada doméstica Lucineide Nascimento.

Uma das soluções que será apresentada à prefeitura, quando o Itep for recebido, é a construção e ampliação de ossários, nichos onde ossadas são guardadas. “A construção de um ossário em um dos cemitérios públicos é o ideal. Se não tivéssemos excesso de corpos, teríamos condições de atender melhor a população”, ressaltou o diretor Marcos Brandão.

CONVERSA
A Secretaria de Secretaria Municipal de Serviços Urbanos de (Semsur) afirmou que prefeitura está sempre aberta à conversa com o Itep e ressaltou que esta semana foram disponibilizadas vagas no Cemitério Público de Natal. A Semsur destaca que a prioridade nos cemitérios da capital é para pessoas da própria cidade. O órgão afirmou também que há vagas suficientes nos cemitérios públicos da cidade e enfatizou que nunca ocorreu de o serviço estar indisponível para a população.

 

Fonte: G1

Deixe uma resposta para Miriam Costa de Albuquerque Neri Cancelar resposta